Vamos preparar juntos ato de 2 de outubro em PoA

Carestia por causa da hiperinflação, defesa da democracia, descaso com a saúde e a vida na pandemia estão entre motivos para participar de caminhada organizada por centrais sindicais e movimentos sociais

A CUT-RS e as centrais sindicais, junto com as frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo e Povo na Rua e os movimentos sociais e populares, estão preparando os atos pelo “Fora Bolsonaro” no Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre será realizado uma caminhada, com concentração às 15 horas, no Largo Glênio Peres.

Também estão sendo organizados atos unificados no interior do Estado, visando ampliar a participação do povo gaúcho e reforçar a luta.

“Com o aumento dos preços dos alimentos e dos combustíveis, as revelações escandalosas da CPI da Covid e as mentiras espalhadas na Assembleia Geral da ONU, a situação do Bolsonaro se tornou insustentável e a saída é o impeachment já do presidente”, afirma o presidente da CUT-RS, Amarildo Cenci.

“Por isso, vamos outra vez tomar as ruas do país, usando máscaras e mantendo distanciamento, para exigir o fim deste governo que não defende a vida, não tem políticas de emprego e renda, não combate a fome e a miséria, privatiza estatais, ataca os serviços públicos e os direitos dos trabalhadores e está destruindo o Brasil”, destaca.

Para Amarildo, “chegou a hora de darmos um passo adiante na direção de agregar outros segmentos sociais, como as pessoas e entidades que se manifestam publicamente pelo Fora Bolsonaro e em defesa da democracia”.

As centrais já produziram um panfleto para chamar a população a participar da manifestação em Porto Alegre. O texto apresenta dez motivos para ir às ruas. Milhares de exemplares já começaram a ser distribuídos em vários bairros da Capital.

Clique aqui para acessar o PDF do panfleto. 

Fonte: CUT-RS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER