Tire suas dúvidas sobre o PDV do Itaú

Sindicato chama colegas para reunião de esclarecimento na quinta-feira, 8/8, na Casa dos Bancários

Os bancários sabem muito bem que salário e emprego estão diretamente ligados à atividade econômica. Quanto maior o número de empregados e maior a renda do trabalhador brasileiro, fica mais difícil ter crises econômicas e ajuda a fazer negócios. Mas o Itaú parece não saber que essa regra se aplica aos bancos depois que anunciou o lançamento de um Programa de Desligamento Voluntário (PDV) na semana passada, um dia antes de começar o prazo para inscrição.

O SindBancários atende a uma angústia dos trabalhadores em função dessa determinação de fazer as coisas às pressas pelo banco para que não dê tempo de os colegas entenderem as regras desse PDV. Por isso, o SindBancários organizou uma reunião de esclarecimento dos colegas do Itaú para tirar dúvidas coletivas e pessoais. O PDV do Itaú é válido somente no mês de agosto, até o dia 31.

Reunião de esclarecimento sobre PDV do Itaú

Quinta-feira, 8/8 | 17h | Casa dos Bancários (Rua General Câmara, 424, centro Histórico de Porto Alegre)

Ao final desta matéria, nossa assessoria jurídica, representada pelo advogado Antônio Vicente Martins, elaborou um parecer jurídico sobre as regras do PDV do Itaú. Leia a íntegra. E, se fosse ficou com dúvidas, venha à reunião. Apesar de ser uma decisão pessoal, é preciso que essa decisão seja tomada com o maior volume de informação possível.

Vale aquela regrinha básica de que cada caso é um caso. Você, além de saber as dúvidas de seus colegas, vai poder também conversar com a assessoria jurídica e tirar suas próprias dúvidas.

Não assine nada nem aceite pressão até entender o conteúdo desse PDV. Se houver isso, denuncie ao Sindicato!

Afinal, o Itaú não tem motivos para querer demitir por PDV 6,9 mil colegas em todo o país. Um banco que lucrou R$ 13,9 bilhões no primeiro semestre, crescimento de 8,7% nos primeiros seis meses deste ano em relação ao ano passado. E mais: mesmo com esse crescimento todo, o Itaú extingui 1.043 empregos no mesmo período e fechou 199 agências no se mestre, segundo o relatório da holding.

Requisitos básicos para o PDV do Itaú

> Idade igual ou superior a 55 anos ou completar essa idade até o 31/12/2019.

> Ocupar os cargos de Ass. Oper. Suporte I, II ou III, Programa especial 8h ou Programa especial 6h.

> Estar lotado nas unidades “FOLHA ESPECIAL” (BEMGE/BANESTADO/BEG/BANERJ/BEMGE-RJ), “RH REINT-BANERJ/BANERJ”, “RH REINT-BERJ/BANER” ou “DIR ADM PESSOAL -E”

> Gozar de estabilidade provisória decorrente de afastamento comum ou acidentário.

> Gozar de estabilidade provisória decorrente de cargo de direção na CIPA ou no SINDICATO.

> Estar afastado há mais de 6 (seis) meses por doença comum, ou simplesmente estar afastado por doença acidentária.

> Ter obtido alta, pelo INSS, da aposentadoria por invalidez, mas continuar afastado(a), há mais de 6 (seis) meses, por constatação de inaptidão pelo médico do banco.

> Estar aguardando decisão judicial ou de recurso administrativo quanto ao benefício previdenciário (considerando afastamento por doença acidentária ou afastamento, por mais de 6 meses, por doença comum).

Leia aqui a íntegra do parecer e tire suas dúvidas sobre o PDV do Itaú.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER