Sindicato tenta impedir convocação no BB com ação jurídica

Pedido de liminar na Justiça do Trabalho busca suspender determinação do Banco do Brasil sobre trabalho presencial de empregados que coabitam com pessoas do grupo de risco a Covid-19

No dia em que o Banco do Brasil impôs como data de início o retorno ao trabalho presencial de quem coabita com familiares do grupo de risco à Covid-19, o SindBancários atuou. Na segunda-feira, 27/7, a assessoria jurídica do Sindicato ingressou com uma ação na Justiça do Trabalho com pedido de liminar suspendendo a convocação.

O SindBancários já havia chamado a atenção essa e outra questão. Além de a ordem de mandar ao trabalho presencial bancários do BB que têm familiar com mais de 60 anos ou com doenças crônicas, a responsabilização por alguma doença ou morte poderia recair nas costas dos gestores.

“A ação é para tentar impedir a convocação de empregados para trabalhar presencialmente quando coabitam com pessoas do grupo de risco. O banco tinha autorizado a não exposição destes trabalhadores e alterou esta orientação, passando a determinar que os gestores poderiam convocar os trabalhadores. Isso acontece no pior momento da pandemia, colocando em risco os trabalhadores e seus familiares”, explicou o assessor jurídico do SindBancários, Antônio Vicente Martins.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER