Sindicato reafirma exigência do fechamento de todas as agências neste momento, em reunião com diretoria do Banrisul

Constatando que muitas agências do Banrisul continuam funcionando em todo o estado – apesar da decisão judicial obtida pelo Sindicato que obriga a instituição a fechar as portas enquanto não voltar o policiamento ostensivo às ruas – a diretoria do SindBancários conseguiu reunião com a diretoria do banco na manhã desta quarta-feira, 02/09. Do encontro, participaram também assessores jurídicos e de segurança do Banco, que tentaram convencer os sindicalistas de que o Banrisul já tinha tomado suas próprias medidas para resguardar as agências de ataques e assaltos.

Decisão irresponsável

Luciano Fetzner, presidente em exercício do SindBancários, reafirma que a posição do Banrisul é irresponsável, pois mesmo em períodos de policiamento normal é muito elevado o número de ataques a bancos no estado. “Neste momento em que a maioria dos soldados da Brigada Militar está aquartelada em função do parcelamento de salários, é extremamente arriscado manter as agências abertas. O Sindicato não compactua com a posição da diretoria do banco e vai continuar pressionando para que todas as agências fechem as portas até a normalização do policiamento”, garante.

Os diretores do Banrisul, no encontro com o SindBancários, haviam alegado que pelo fato do banco ter sua matriz em Porto Alegre – ao contrário do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, por exemplo – teria condições de monitorar a situação e definir se as agências podem ou não ficar abertas.

SindBancários percorre agências e locais de trabalho

O SindBancários está percorrendo agências e locais de trabalho de sua área de atuação e tem constatado que colegas do Banrisul estão com medo e que não há condições de trabalho, pois o policiamento ostensivo inexiste ou é insuficiente nas áreas onde há agências bancárias. O Banrisul, diferentemente da Caixa e do Banco do Brasil, retirou a autonomia dos gestores de agências. A orientação é que os gerentes entrem em contato com a Unidade de Segurança, em caso de ocorrências, passando a esta a decisão de abrir ou fechar a agência.

“Entendemos que não há condições de trabalho porque não há policiamento ostensivo suficiente. A medida judicial do desembargador e a fixação de multa de R$ 100 mil por agência aberta corrobora a nossa visão”, afirma Luciano Fetzner.

Conforme o noticiário geral e a observação das ruas, a maior parte do efetivo da Brigada Militar está aquartelada. “Neste momento é inseguro e ilegal manter agências bancárias abertas em todo o Estado”, diz o presidente do Sindicato.

Multa de R$ 100 mil ao dia

O Sindicato lembrou que além da determinação do desembargador federal do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho 4ª Região (TRT-4) de Porto Alegre, Marcelo José Ferlin D’Ambroso, proibindo a abertura das agências para não colocar em risco trabalhadores e clientes em dias na falta de policiamento ostensivo, há um novo despacho judicial na manhã desta quarta-feira, 2/9. A medida, assinada pelo juiz do Trabalho Vinícius Daniel Petry, impõe multa de R$ 100 mil ao banco, por agência que for mantida aberta.

A diretora de comunicação do Sindicato, Ana Guimaraens, chama a atenção à posição do Banrisul. “Se o banco estadual cumpre as política de austeridade do governador Sartori, que em tese pretende economizar para equilibrar as contas do governo, é muito incoerência manter as agências em funcionamento mesmo ao custo de R$ 100 mil de multa ao dia por agência, causando prejuízo ao Banrisul, e consequentemente ao seu maior acionista, os cofres do estado”, lembrou.

O Sindicato está do seu lado. Entre em contato e denuncie casos de insegurança.

Diante do risco a que a diretoria do Banrisul colocou os Banrisulenses, informamos que estamos à disposição para atuar. Entre em contato com o Sindicato que enviaremos um diretor até o seu local de trabalho ou atuaremos junto às superintendências para que a agência fique fechada em caso de ausência de policiamento ostensivo.

Denuncie. Garantimos sigilo nas informações.

> Você pode ligar para (51) 3433-1242

> Procure-nos no facebook: SindBancariosPOA

> pelo email: [email protected]

 

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER

Luciano Fetzner Barcellos
(Banrisul)
PRESIDENTE

Tags

Filiado à Fetrafi/RS, Contraf/CUT e CUT
Rua General Câmara, 424-Centro / CEP:90010-230 /
Fone: 51-34331200

Porto Alegre / Rio Grande do Sul / Brasil

Categorias

Categorias

Categorias