Sindicato pressiona por mais testes em agência do Banrisul

Dirigentes estiveram na agência Petrópolis e, depois de protestarem, banco assumiu compromisso de testar equipes e quem presta serviço presencial, como os vigilantes

Diante das preocupações relacionadas à aproximação do pico de incidência de infecção por novo coronavírus no Rio Grande do Sul, o Sindicato passou a ter ainda mais cuidado com a implantação dos protocolos de sanitização e saúde nas agências. O caso da agência Petrópolis, do Banrisul, em Porto Alegre, é exemplar.

Na manhã da segunda-feira, 10/8, dirigentes foram até a agência, localizada na avenida Protásio Alves, em Porto Alegre, e defenderam a aplicação de um maior número de testes para Covid-19 nos trabalhadores que estão trabalhando presencialmente. Esse protesto reivindicou a testagem nas duas equipes de revezamentos, nos vigilantes e numa funcionária que atende a cozinha.

A agência ficou fechada desde o início da manhã até por volta das 11h. “Nosso objetivo ao chegar à agência foi pedir que todas as equipes fossem testadas. Temos um caso de colega doente por Covid-19 na semana passada. Viemos fiscalizar se os testes haviam sido feitos nas duas equipes e também nos vigilantes”, explicou o diretor do SindBancários, Sandro Rodrigues.

Outra questão envolvida disse respeito à dinâmica do contato das equipes e da dispersão do coronavírus. Há casos de colegas na Agência Petrópolis que trabalham direto, como é o caso do gerente geral. É o mesmo caso dos vigilantes.

“Reivindicamos a testagem em todos porque estamos com muitos casos em Porto Alegre. Não podemos excluir ninguém porque há doentes de Covid-19 que não apresentam sintomas. Nossa preocupação é com a saúde dos colegas bancários, com os familiares e das pessoas que prestam serviço na agência”, salientou o diretor do SindBancários, Ernesto dos Santos.

No final da manhã, a diretoria do Banrisul entrou em contato com o Sindicato informando que o número de testes realizados na Agência Pertópolis irá aumentar, inclusive os vigilantes.

Chama o Sindicato

O Sindicato considera muito importante a questão da economia e a renda dos bancários, mas estamos num período de pandemia e devemos colocar a saúde acima de todas as prioridades. Se há problemas para garantir um ambiente de trabalho seguro, não hesite.

Chama o Sindicato. O Sindicato vai atrás e te ajuda. 

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER