Sindicato lança campanha de sindicalização para combater retrocessos e reafirmar sua importância. Diga S!M a quem te protege!

Assim que o governo Temer transformou a Reforma da Previdência em Lei 13.467, primeiro na votação de julho, depois quando ela passou a valer em novembro, os Sindicatos passaram a ser atacados de forma direta. Um dos ataques é que o Sindicato não podem mais acompanhar as homologações. A outra é que os trabalhadores estão limitados ou coagidos a não ingressarem na Justiça, seja de forma individual ou coletiva.

Isso porque, a partir de agora, o trabalhador terá que assinar todo o ano um termo em que reconhece que seu patrão não cometeu nenhum equívoco em seus direitos. E se perder a causa vai ter que pagar os advogados dos banqueiros. “Nós temos avisados os colegas bancários que em 2016 houve um golpe nos direitos dos trabalhadores. Que o golpe vinha fazer aquilo que o Fernando Henrique não fez em 1990. Os trabalhadores vão começar a sentir os efeitos da reforma trabalhista a partir de agora”, avalia o presidente do SindBancários, Everton Gimenis.

Segundo o presidente do Sindicato, os golpistas foram muito espertos. Primeiro , lançaram uma campanha de criminalização. Depois de convencer o povo brasileiro de que o pior problema era a corrupção, Temer e seus golpistas passaram a operar retirada de direitos. Teve então, terceirização, Reforma Trabalhista e ele ainda não desistiram da Reforma da Previdência. “Os bancos, por enquanto, estão testando até onde podem ir com a Justiça do Trabalho. Estamos num momento de luta de restauração de direitos que coloca os sindicatos como instituições com a maior importância na vida dos trabalhadores na história. Os Sindicatos nunca tiveram tão importantes como agora”, afirma o Presidente do SindBancários, Everton Gimenis.

Os Sindicatos estão mais importante do que nunca. Por isso os patrões estão atacando as suas entidades representativas. O SindBancários lança campanha de Sindicalização para fortalecer a nossa luta coletiva. Fortaleça a sua categoria. Sozinho ninguém conquista nada. O diretor de comunicação do Sindicato, Mauro Salles, explica que o tema da campanha procura afirmar a importância do Sindicato e mostrar ao trabalhador que a hora é de mobilização, participação e luta. “Diante dos ataques que estamos sofrendo por um governo que não tem representatividade política junto ao povo trabalhador, não há outra maneira mais eficiente de enfrentar esses tempos difíceis do que fortalecer o Sindicato”, acrescenta Mauro.

Bancário, é fácil se sindicalizar. Diga sim ao seu Sindicato. Vamos lutar e resistir juntos por direitos conquistados e por conquistas. O maior prêmio é a sua participação!

O Sindicato nunca foi tão importante!

Como se sindicalizar

É fácil. Entre no site do SindBancários, baixe a ficha de inscrição e entregue na secretaria. Você também pode pedir ao diretor de sua área para levar a ficha ou entregá-la preenchida. O endereço: http://www.sindbancarios.org.br/index.php/sindicalize-se/

Como se recadastrar

Ficha de sindicalização/recadastramento fornecida pelo Sindicato, a ser entregue à diretoria da entidade, pessoalmente ou na sede do Sindicato (Rua General Câmara, 424, Centro, Porto Alegre; CEP9010-230), aos cuidados do setor de arrecadação.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER