Sindicato lamenta falecimento do advogado trabalhista Renato de Oliveira Gonçalves, aos 71 anos

O SindBancários de Porto Alegre e Região, através de seus diretores e funcionários, lamenta o falecimento do advogado trabalhista Renato de Oliveira Gonçalves, o “Renatão”, de 71 anos, acontecido na última sexta-feira, 14/10. Renato foi funcionário do Sindicato de 1971 até 2004, e sempre marcou sua presença pela competência no atendimento às causas dos bancários.

Órgãos de classe

“Renatão” também teve grande atividade nos órgãos de classe dos advogados, tendo ocupado a presidência de entidades como a Agetra e a Abrat, além de ser vice-presidente da OAB-RS, na gestão 1993-1994. Conforme o assessor jurídico do SindBancários, Antonio Vicente Martins, “o Renato foi um dos pioneiros na constituição desta cultura de assistência jurídica aos bancários e trabalhadores em geral, atuando também em escritórios especializados”.

Linha de frente

Para o presidente do SindBancários, Everton Gimenis, a morte de Renato representa uma perda para os trabalhadores de modo geral: “Ele sempre esteve na linha de frente na defesa dos interesses dos trabalhadores e trabalhadoras. E para a nossa categoria, em especial, Renato deixa um legado de competência e interesse pelas causas que envolvem os bancários”, completou.

“Renatão” foi velado e sepultado na tarde do sábado, 15/10, no Cemitério Jardim da Paz (Estr. João de Oliveira Remião, 1347 – Bairro Agronomia), em Porto Alegre.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER