Sindicato dá andamento ao processo de integração das horas extras na gratificação semestral do Banrisul

O processo de número 0000378-51.2013.5.04.0005, movido pelo Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região contra o Banrisul, cobrando diferenças de salário pela integração das horas extras na gratificação semestral, teve andamento segundo o advogado Antônio Vicente Martins, assessor do SindBancários. “Nós apresentamos um cálculo de liquidação que totalizava aproximadamente R$ 17 milhões em favor dos substituídos. O Banco impugnou os cálculos apresentados pelo perito do Sindicato e indicou como devido um valor de R$ 4.900 milhões”, diz Martins.

“Trata-se de uma diferença expressiva porque o banco apresenta um critério de correção monetária incorreto e porque quer excluir alguns colegas pelas mais diversas razões”, completa ele.

Cálculos do banco

Os cálculos do Banco foram impugnados pela assessoria jurídica do SindBancários com base em uma análise de nossos peritos contadores assistentes. “O Sindicato quer que o juiz defina quais os critérios devem ser observados para elaboração dos cálculos e prossiga na execução”, esclareceu a diretora de Comunicação, Ana Lucia Guimaraens.

Já o secretário geral do Sindicato, Luciano Fetzner, afirmou que os trabalhadores não irão aceitar os critérios de atualização monetária adotados pelo Banrisul. “Também não é possível concordar com a exclusão de algum colega que não tenha sido determinada pelo juiz na sentença de mérito”, disse.

Atualmente, o processo de integração das horas extras na gratificação semestral está nas mãos do juiz, para que ele decida se vai encaminhá-lo a um perito ou se vai definir os critérios para elaboração dos cálculos de liquidação.

Recesso da Justiça do Trabalho

O advogado Antônio Vice te Martins esclarece que está acompanhando o andamento do processo, e lembra que a Justiça do Trabalho irá entrar em recesso no próximo dia 18 de dezembro.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER