Sindicato chama colegas da BV Financeira para assembleia virtual

Em virtude da crise sanitária decorrente da pandemia de COVID-19 e do isolamento social, colegas decidirão sobre proposta de acordo coletivo do banco válida por 60 dias por videoconferência. Leia editalEm virtude da crise sanitária decorrente da pandemia de COVID-19 e do isolamento social, colegas decidirão sobre proposta de acordo coletivo do banco válida por 60 dias por videoconferência. Leia edital

Os colegas da BV Financeira S/A estão convocados para participarem de Assembleia geral extraordinária na quinta-feira, 7/5, entre as 8h às 20h. A participação será remota por videoconferência a partir de link disponibilizado no site do SindBancários  (https://bancarios.votabem.com.br).

O encontro debaterá proposta de acordo coletivo de trabalho com base na proposta do banco de aplicar as MPs 927 e 936. Ambas medidas provisórias facultam aos empregadores a redução de carga horária, com redução de salário e compensação de horas extras em até 18 meses durante o estado de calamidade pública decretado em 20 de março após aprovação pelo Senado Federal e com validade até 31 de dezembro.

O Acordo coletivo proposto pelo banco tem validade de 60 dias. Em breve, o Sindicato irá disponibilizar o link para acesso.

A aplicação das duas MPs acima citadas garante o acesso ao auxílio emergencial e à complementação provisória de salário via seguro-desemprego.

No acordo a empresa aplicará redução salarial e redução de jornada de apenas 25% abrangendo todos os funcionários da instituição no Brasil. O empregado deixará de trabalhar 5 dias por mês.

Os trabalhadores farão jus ao Benefício Emergencial da União (seguro desemprego) e a complemento salarial por Ajuda Compensatório (abono) de valor igual ao necessário para manter o mesmo valor líquido do salário mensal.

Além dessa complementação, foi negociada a estabilidade durante o período da redução e por igual período após o restabelecimento da jornada e salário.

Em relação à redução de jornada de trabalho, o acordo institui o banco de horas apenas durante o período da calamidade, banco de horas positivas e negativas pelo prazo de 18 meses para pagamento das horas negativas. Vale salientar que o pagamento com prorrogação de jornada será de no máximo 2 horas por dia. Em caso de demissão sem justa causa, o saldo negativo não será descontado. Os trabalhadores terão a opção de utilizar 10 dias de férias para pagamento do saldo de horas, a pedido do empregado.

O diretor do SindBancários, Luiz Cassemiro, salienta que a negociação com a instituição buscou preservar os empregos dos colegas e principalmente negociar uma forma de complementação salarial por bonificação do valor igual ao valor líquido do salário mensal do trabalhador. Cassemiro ainda lembra os colegas da importância da participação na assembleia.

Principais pontos do acordo

> Estabilidade por até 120 dias com redução salarial e de jornada de apenas 25%;

> Prazo de 60 dias;

> O empregado deixará de trabalhar 5 (cinco) dias por mês;

> Fará jus ao Benefício Emergencial da União (seguro desemprego);

> Complemento salarial por Ajuda Compensatória (abono) de valor igual ao necessário para manter o mesmo valor líquido do salário mensal;

> Estabilidade durante o período de vigência do acordo e por igual período após o restabelecimento da jornada e salário.

Banco de Horas

> Banco de horas durante o período da calamidade;

> 18 meses para pagamento das horas negativas;

> Pagamento com prorrogação de jornada de no máximo 2 horas por dia;

> Em caso de demissão sem justa causa, o saldo negativo não será descontado;

> Opção de utilizar 10 dias de férias para pagamento do saldo de horas, a pedido do empregado.

Como participar da assembleia virtual

> Clique no link https://bancarios.votabem.com.br entre as 8h e as 20h desta quinta-feira, 7/5.

> Uma página com a logomarca do SindBancários vai abrir.

> Preencha os espaços com sua matrícula, data de nascimento e nome.

> Na próxima tela, você poderá consultar a íntegra do Acortdo Coletivo de trabalho e decidir por três opções. Aprovar (SIM), Reprovar (NÃO) ou abster-se.

> Após votar, uma nova tela pedirá que você preencha as lacunas com seu email e telefone celular. Ao finalizar a tarefa, você receberá seu comprovante de participação na assembleia.

Seja sócio do Sindicato 

Desde 2018, o Sindicato mantém uma campanha permanente de Sindicalização. Neste mesmo período, os trabalhadores bancários sofreram vários ataques e perda de direitos. Reforma Trabalhista e Reforma da Previdência são dois exemplos de retrocessos históricos em nossas conquistas. Os ataques também se estenderam aos sindicatos. O trabalhador sozinho não consegue fazer valer seus direitos e conquistar benefícios. O Sindicato é o lugar para que juntos possamos manter direitos e lutar por mais conquistas.

Associe-se. Clique nesta linha e DIGA SIM para quem defende você.

 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA ESPECÍFICA

O Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região – Sindbancários, entidade sindical de primeiro grau inscrita no CNPJ sob o nº 92.831.650/0001-05, Registro Sindical nº SD57281, por seu presidente abaixo assinado, convoca todos os empregados bancários, associados ou não, que prestam serviços na BV Financeira S/A, na base territorial deste sindicato, para participarem da assembleia extraordinária específica que se realizará de forma remota/virtual durante o período das  08:00 horas até às 20:00 horas do dia 07/05/2020, na forma disposta no site https://bancarios.votabem.com.br onde estarão disponíveis todas as informações necessárias para a deliberação acerca da seguinte pauta: aprovação do Acordo Coletivo de Trabalho sobre a pandemia do COVID-19 a ser celebrado com a BV Financeira S/A com vigência de 21 (vinte e um) meses a contar da data de assinatura pelas partes, enquanto perdurar o estado de calamidade pública e o processo de compensação das horas no banco de horas de 18 meses.

Porto Alegre, 04 de maio de 2020.

Everton de Morais Gimenis

Presidente do SindBancários

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER