SindBancários reinaugura espaço de exposição com mostra de humor a partir de terça-feira, 19/4

Os tempos não estão fáceis. Mas, nem por isso, temos o direito de perder a compostura e o humor. Em nome da paz, da alegria, do riso, 12 chargistas gaúchos exibem, a partir das 19h, da terça-feira, 19/4, 20 cartuns em cores no espaço de Exposição da Casa dos Bancários (Rua General Câmara, 424, Centro Histórico de Porto Alegre).

A promoção é da Grafar (Grafistas Associados do Rio Grande do Sul) em parceria com o SindBancários. A exposição foi batizada de LOBOTOMÍDIA – O RISO CONTRA O GOLPE. “É importante reagir a tanta sisudez e mau humor desse momento histórico com a provocação do bom humor”, diz Augusto Bier, idealizador da mostra e chargista do SindBancários.

São 20 trabalhos que será exibidos em formatos A3 e A4 e estarão à disposição para visitação no hall de entrada da sede do SindBancários. Edgar Vasques, Santiago, Eugênio, Edu, Bier, Simch, Uberti, Hals, Rubén, Rafael, Kayser e Vicente cederam trabalhos de trabalho reproduzidos em uma ação coordenada contra o golpe em vários locais por iniciativa da Grafar em parceria com mais entidades, entre elas a CUT-RS e o SindBancários.

Leia o texto de apresentação

LOBOTOMÍDIA – O RISO CONTRA O GOLPE

O trocadilho da palavra mídia com a lobotomia, um procedimento cirúrgico grosseiro de abertura do crânio humano para se chegar ao cérebro, tem tudo a ver com o nosso tempo. E também tem a ver com a Rede Globo, que tornou-se um dos maiores monopólios de mídia do mundo a partir das recompensas pelo apoio ao golpe civil-militar de 1964, ao ajudar a implantar uma ditadura assassina que durou décadas.

Agora, ela escancara outra vez sua verdadeira face, atentando de novo contra a democracia ao tentar fazer a cabeça dos brasileiros. Acompanhada de outras seis famílias que dominam de forma feudal a mídia nacional, tenta depor a presidenta reeleita. Substituindo os militares, comandam uma frente pró-golpe, com apoio de um Judiciário conivente, de uma Polícia Federal partidarizada e de um MP narcisista, chancelando todos os dias, pelo seus canhões de audiência, o atropelo de todas as regras do Estado Democrático de Direito.

A presunção da inocência, a igualdade de todos perante a lei, a indispensável imparcialidade dos juízes (em qualquer instância), o respeito à presidência da república, o sigilo advogado-cliente, as garantias de liberdade individual, tudo foi desrespeitado para submeter o país aos interesses do capital monopolista e do cangaço de gravata que varre o Congresso a partir do golpismo de Eduardo Cunha.

Por isso, outra vez, voltamos à luta com as ferramentas de nossa arte, reafirmando a institucionalidade, o respeito à voz das urnas e das lutas históricas do povo brasileiro em defesa da democracia. Aqui Somos 12 cartunistas do Rio Grande do Sul assinando esta exposição de humor, alguns dos quais já marcados pelos castigos da de outros tempos sem liberdade: Edgar Vasques, Santiago, Eugênio, Edu, Bier, Simch, Uberti, Hals, Rubén, Rafael, Kayser e Vicente.

O assunto é pesado, mas ria se puder. O riso ainda é uma das melhores armas contra a estupidez.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER