SindBancários publica edital de aviso de greve

Cumprindo a legislação, aviso de resultado de assembleia que definiu participação de bancários na greve geral de 14 de junho será publicado no jornal Correio do Povo

Os bancários deram mais uma mostra de sua coragem e força na noite da quinta-feira, 6/6. Uma assembleia unânime na Casa dos Bancários, decidiu pela participação dos bancários da base do SindBancários na greve geral da sexta-feira, 14/6. Na edição do jornal Correio do Povo, deste sábado, 8/6, será publicado também edital de aviso de greve (confira ao final desta matéria).

A assembleia decidiu também que os bancários irão realizar uma Plenária de Organização na quinta-feira, 13/6. O objetivo é definir a nossa participação na greve geral. Além de defender empregos e os bancos públicos, os bancários estão na luta contra a reforma da Previdência e cortes os cortes na educação.

Os bancários e as bancárias estão protegidos pela Lei de Greve. Isso porque o SindBancários tomou todas as providências legais para garantir uma efetiva participação da categoria na greve geral na sexta-feira, 14/6, a partir da meia-noite. Publicanos editais de chamada e comunicação de assembleia, realizamos uma assembleia na quinta-feira, 6/6, e decidimos juntos e, de forma unânime, participarmos do movimento nacional, chamado pelas centrais sindicais.

Greve é um direito legal

A Greve é um direito assegurado pela Constituição Federal, portanto a participação nela não pode, em hipótese alguma, ser considerada como “falta injustificada” do/a trabalhador/a.

Para que uma greve aconteça de forma legal, existem procedimentos que devem ser adotados: convocação e realização de assembleia dos sindicatos, com aprovação da paralisação coletiva; comunicação antecipada aos empregadores; e aviso à comunidade quando se tratar de atividade essencial, como é o caso da compensação bancária.

Providências legais

O Sindicato tomou todas as providências legais para garantir a participação dos bancários e das bancárias na greve geral de 14 de junho. A Fetrafi-RS publicou o edital de chamada de assembleia em jornal de grande circulação, assim como o SindBancários em seus meios eletrônicos e impressos. Nenhum bancário pode ser constrangido a trabalhar, sobretudo se houver dificuldades de transporte no dia da mobilização. Os bancários também estão legalmente protegidos quanto à caracterização da eventual falta. Não se trata de falta injustificada, portanto eventual ausência ou não marcação de presença no ponto não podem repercutir na carreira dos bancários de bancos públicos e privados.

Vamos parar o Brasil

Quinta-feira, 13/6| 18h | Plenária de Mobilização à Greve Geral no auditório da Casa dos Bancários (rua General Câmara, 424, Centro Histórico de Porto Alegre

Sexta-feira, 14/6 | 0h | Greve geral em todo o Brasil

Leia abaixo o Edital de comunicação de greve geral à comunidade

 

EDITAL DE AVISO À COMUNIDADE – GREVE GERAL

O Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 92.831.650/0001-05, comunica à comunidade que os bancários de sua base, formada pelos municípios de Porto Alegre, Alvorada, Viamão, Canoas, Cachoeirinha, Gravataí, Guaíba, Eldorado do Sul, Sertão Santana, Barra do Ribeiro, Charqueadas, São Jerônimo, Nova Santa Rita, Esteio e Sapucaia do Sul decidiram em assembleia geral extraordinária, realizada no auditório da Casa dos Bancários, sito à rua General Câmara, 424, Centro Histórico de Porto Alegre, na quinta-feira, 6 de junho passado, que irão participar da greve geral, da próxima sexta-feira, 14 de junho, contra a reforma da Previdência, contra os cortes na educação pública, em defesa das empresas públicas e por mais empregos, organizado e convocado pelas centrais sindicais.

Porto Alegre, 7 de junho de 2019.

A DIRETORIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER