SindBancários promove caravanas de mobilização em Cachoeirinha e Gravataí

Dirigentes da entidade dialogaram com a categoria sobre principais pontos da campanha salarial

Nem mesmo a chuva e o frio típicos do inverno gaúcho impediram os diretores do SindBancários de visitar agências do Banrisul, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Itaú, Bradesco e Santander de Cachoeirinha e Gravataí, na manhã desta terça-feira (9), durante caravana de mobilização da entidade para a campanha salarial de 2022.

Na última semana, o Comando Nacional dos Bancários iniciou as negociações das cláusulas econômicas da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Além da reposição da inflação, a categoria reivindica 5% de aumento real e um reajuste diferenciado nos vales-alimentação e refeição, como explica a dirigente da Fetrafi-RS e bancária da Caixa, Sabrina Muniz.

“A inflação dos alimentos não para de crescer e os bancos precisam dar uma resposta quanto a isso, queremos que os nossos vales-alimentação e refeição sejam suficientes para dar conta dos preços, que a cada semana, aumentam mais nos supermercados”, avalia a diretora.

Logo no início do dia, dirigentes visitaram bancos da Avenida Flores da Cunha, no centro de Cachoeirinha, local que concentra a maior quantidade de agências da região. Na ocasião, foram distribuídos exemplares da última edição de O Bancário, contendo atualizações semanais das tratativas com os bancos.

Não deixe a caravana passar, venha se sindicalizar

A secretária de Combate ao Racismo da CUT-RS e trabalhadora do Itaú, Isis Garcia, lembra que o período de Caravana é um momento propício para quem ainda não é sócio da entidade se sindicalizar.

“Na quinta-feira, provavelmente, teremos outra caravana, desta vez em agências de Porto Alegre. Os bancários e bancárias que ainda não são associados ao sindicato têm uma oportunidade importante de contribuírem com a luta dos trabalhadores. Se você estiver no seu local de trabalho e algum dirigente ou delegado sindical estiver passando na sua agência, converse com ele e se associe. Mudar a realidade da nossa categoria é algo que depende da nossa unidade, consciência de classe e espírito de coletividade”, explica a dirigente, que sempre carrega consigo uma ficha de filiação, caso encontre algum colega interessado em participar de atividades sindicais.

Em visita à Caixa Econômica Federal de Gravataí, o diretor Guaracy Gonçalves lembrou que, além das pautas gerais que envolvem todos os bancos, há demandas que dialogam diretamente com o fortalecimento das instituições bancárias públicas, como nos casos do Banrisul, Banco do Brasil e da Caixa.
“Queremos a ampliação das contratações através de concurso público. O pessoal que atua nas agências está cada dia mais sobrecarregado, sofrendo com o assédio moral. Os atendimentos aos clientes estão precarizados e a saúde de muitos trabalhadores bancários acaba sendo atingida em cheio pelas metas abusivas impostas pelas chefias”, destaca Gonçalves, que acredita ser este o momento ideal para a categoria intensificar a pressão sobre os banqueiros.

Nesta quinta-feira (11) o Sindicato dos Bancários volta às ruas para mais uma rodada de visitas a agências. Até o final da campanha salarial de 2022, a entidade prevê mobilizações em quase todas as 15 cidades que integram sua base da entidade sindical.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER