SindBancários pede suspensão de atendimento bancário ao Estado e prefeituras

Medidas buscam preservar vidas e estancar a propagação do Covid-19

O SindBancários enviou ofício ao governador do Estado, Eduardo Leite, e a todas as prefeituras da base do Sindicato, cobrando a promulgação de decretos que determinem o fechamento das agências bancárias enquanto perdurar a crise do coronavírus. Ao mesmo tempo, a entidade, junto com sindicatos de todo o país e a Contraf-CUT, segue negociando medidas mais extremas com a Fenaban e buscando sensibilizar os bancos a fazerem sua parte.

“Entendemos que medidas como a do prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior, de fechar somente lojas em shoppings, é insuficiente para conter o coronavírus. Alguns Estados, como Santa Catarina, já emitiram decretos determinando o fechamento de bares, restaurantes, lojas e agências bancárias. As prefeituras nem o governo do Estado podem ser omissos neste momento”, observa o presidente do SindBancários, Everton Gimenis.

“Nos documentos, o SindBancários salienta que as medidas buscam conter a propagação do Covid-19, de forma que a situação se normalize o mais breve possível e os prejuízos econômicos sejam atenuados”, analisa o diretor de Comunicação do SindBancários, Gilnei Nunes.

O ofício enviado ao governador Eduardo Leite foi protocolado no Palácio Piratini, às 16h01, da quarta-feira, 18/3. O Sindicato e a Fetrafi-RS, além de alertar para os riscos envolvidos à saúde dos bancários com as agências abertas, pedem ao governador que tome a iniciativa de fechar todas as agências bancárias do Estado. Veja aqui o ofício.

Fonte: Imprensa/SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER