SindBancários estreia especial Consciência Negra neste 20 de novembro

Evento online vai refletir sobre os espaços que negros e negras ocupam na sociedade e contará com show da banda 50 Tons de Pretas

Neste sábado, dia 20 de novembro, às 20h, o Sindbancários estreia o especial Consciência Negra – Territórios Negros (as) & Resistência, no YouTube do sindicato. O evento on line, construído pelo Coletivo Étnico do Sindbancários, vai refletir sobre os espaços dedicados a negros e negras na sociedade, inclusive no ambiente bancário.

Convidados

A apresentação do especial será de Perseu Pereira, integrante da ONG LGBTQIA+ de Porto Alegre Nuances. O sindicato também convidou o professor e antropólogo Iosvaldyr Carvalho Bittencourt Junior para falar sobre o processo histórico dos territórios negros de Porto Alegre e o professor e ex-diretor da Fetrafi, Edison Moura, para refletir sobre o papel do Estado brasileiro no racismo estrutural. A bancária e diretora da Fetrafi, Isis Garcia, que também é secretária de combate ao racismo da CUT-RS, vai apresentar alguns tópicos da pesquisa sobre Diversidade e Discriminação, realizada pelo SindBancários em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A pesquisa traz um levantamento exploratório sobre as discriminações sofridas pelos bancários e bancárias no ambiente de trabalho e tem o objetivo de investigar a diversidade da categoria na base do sindicato.

Diversidade nas agências

Além da população negra de trabalhadores e trabalhadoras bancárias, a pesquisa vai identificar pessoas LGBTQIA+, mulheres, jovens e pessoas com deficiência (PCD). Isis explica que o objetivo é traçar “um mapa da diversidade” nas agências bancárias. “Percebemos um apagamento dessas pessoas no ambiente de trabalho; preconceitos, discriminação. Queremos romper a invisibilidade dessa diversidade que existe nos bancos para ajudar a melhorar as relações de trabalho”.

Os dados da pesquisa, aponta o presidente do sindicato, Luciano Fetzner, vão colaborar para ”a ação sindical de enfrentamento às discriminações no local de trabalho”. O SindBancários, diz, “tem uma trajetória consolidada no combate ao racismo e aos preconceitos de qualquer natureza”. Hoje, na própria estrutura do sindicato há a Diretoria de Diversidade e Combate ao racismo e a Diretoria de Juventude e Gênero, que junto com a Diretoria de Cultura e Sustentabilidade compõem o Coletivo Étnico, que propôs e organizou o estudo e o especial deste sábado.

SindBancários na luta antirracista

O Diretor de Diversidade e Combate ao Racismo, Sandro Rodrigues, que é militante LGBTQIA+, reforça que o sindicato sempre esteve à frente na luta contra as desigualdades sociais e, por isso mesmo, “é necessário falar do racismo estrutural e as questões que mantêm esse processo de desigualdade”. Assim, aponta Sandro, os debates sobre a Consciência Negra devem se estender às ações do sindicato, não apenas no mês de novembro. “Mas numa política de ações afirmativas, dialogando com a categoria sobre as desigualdades e discriminações que só se aprofundaram no contexto do governo Bolsonaro; um governo racista, misógino e homofóbico”.

Tira o teu racismo do caminho

O especial também tem a presença do grupo 50 Tons de Pretas, o duo Dejeane Arruée e Graziela Pires. As duas vão apresentar o mais novo show Tira o teu racismo do caminho; espetáculo que reafirma a arte como ferramenta da luta antirracista e conta com a participação de Gustavo Nunes (guitarra), João Costa (bateria), Vladimir Godoy (baixo) e  Alexandre Santo (guitarra).

Serviço

Especial Consciência Negra – Territórios Negros (as) & Resistência

Data: 20 de novembro

Horário: 20h

Estreia no YouTube (https://www.youtube.com/SindBancariosPoa)

*O evento terá tradução em Libras

Texto: Manoela Frade/Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER