SindBancários chama assembleia para renovação do aditivo do Santander

Votação ocorrerá pelo sistema VotaBem, das 8h às 20h. Podem participar sócios e não-sócios

O Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários) promove nesta quinta-feira (22), das 8h às 20h, assembleia para renovação do aditivo do Acordo Coletivo de Trabalho do Santander. A votação será realizada pela plataforma VotaBem (https://bancarios.votabem.com.br/), no site do sindicato. Podem votar trabalhadores do banco associados e não associados à entidade, como destaca o diretor do SindBancários e membro da Comissão de Organização dos Empregados do Santander (COE), Luiz Cassemiro.

“A participação de todos é muito importante porque é um momento de exercício da democracia, onde votaremos em um aditivo construído pela COE, juntamente com os trabalhadores, depois de ouvirmos as demandas dos nossos colegas”, enfatizou Cassemiro.

O dirigente sindical destaca que, mesmo diante da conjuntura adversa para a classe trabalhadora, ocorreram avanços em pontos importantes do acordo, por exemplo “Conquistamos a extensão do período de amamentação de nove para 12 meses, podendo ser usufruído pelo pai ou pela mãe, e a assinatura de um termo de relações laborais para prevenir e coibir o assédio moral e sexual”, elenca Cassemiro.

“ Também conseguimos a manutenção do pagamento de PLR e programa próprio, sem compensação de um pelo outro, como pretendia o banco”. O dirigente lembra que, após a aprovação do aditivo, no dia 30/09, será efetuado o pagamento do adiantamento da Participação dos Lucros e Resultados e do Programa Próprio.

Entre outros pontos positivos estão:

  • Reajuste do valor das bolsas de graduação e pós-graduação pelo INPC em 2023 e 2024

  • Inclusão de uma cláusula de repúdio à violência contra a mulher onde o banco se compromete a apoiar bancárias vítimas de violência;

  • Validade do acordo 1º de setembro de 2022 a 31 de agosto de 2024;

  • PPRS reajustado em 2022 em 8% que será pago em fevereiro de 2023 em parcela única no valor de R$ 3.355,73;

  • Em fevereiro de 2024, será pago o valor reajustado pelo INPC do período, mais 0,5%;

  • Estão mantidas as faixas de renda do PPRS – o banco queria subir de 13% para 16%; de 13% a 23% para 16% a 26% e acima de 23% para 26%.

Infelizmente o banco se manteve irredutível e não aceitou interromper o processo de terceirização de funcionários do Santander para outras empresas da holding e também não aceitou renovar os termos de compromisso do Banesprev e da Cabesp, o que sinaliza uma postura de indisposição ao diálogo. O movimento sindical permanecerá e fortalecerá a luta na defesa da Cabesp e do Banesprev.

Cassemiro ainda reforça que é fundamental que os bancários e bancárias que ainda não estejam sócios do sindicato, se associem. “ Juntos podemos fortalecer ainda mais a luta coletiva do sindicato”, avalia o diretor.

Baixe ficha a ficha de sindicalização.

 

Acesse os documentos:

Termo de relações laborais

Termo de Ratificação ao Acordo do Programa da Participação nos Resultados Santander (PPRS)

Minuta do ACT – Cláusulas Gerais 2022 – 2024

Minuta do ACT – PPRS – 2022-2023

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER