Sem condições de trabalho, agência do Bradesco fecha no Centro de Porto Alegre

Após receber denúncia anônima, dirigentes do Sindicato foram até agência do Centro e verificaram que porta-giratória estava com defeito

Se os bancários se sentirem inseguros, com calor dentro de seus locais de trabalho, vale a pena chamar o Sindicato. Foi por causa de uma denúncia anônima na segunda-feira, 11/2, de um caso de falta de segurança que o SindBancários pôde ajudar a resolver um problema de falta segurança. A agência Otávio Rocha, do Bradesco, no Centro de Porto Alegre, ficou fechada durante toda a tarde. E sabe como essa agência sem condições de trabalho ficou fechada por falta de segurança? Porque dirigentes sindicais foram até a agência e constataram o defeito e exigiram que as atividades fossem paralisadas.

E a denúncia foi feito por volta do meio-dia. Logo em seguida, dirigente do Sindicato, funcionários do Bradesco, correram para a Agência Otávio Rocha, do banco. Verificaram o problema no equipamento de segurança, perceberam que os colegas estavam com medo por causa da vulnerabilidade e decidiram pressionar. Avisaram que a agência não podia funcionar enquanto uma empresa especializada não fosse chamada e providenciasse o conserto.

O diretor do SindBancários, Edson da Rocha, contou que não havia possibilidade de a agência permanecer nas condições inadequadas em relação à sua entrada principal. E não apenas porque se trata de um local de trabalho, mas porque os clientes sentem-se vulneráveis e ficam preocupados. Ainda à tarde, a empresa de manutenção chegou e começou a resolver o problema. “Amanhã (terça-feira, 12/2) vamos voltar à agência e ver se a porta-giratória está funcionando como deve. Se ainda não estiver pronta, a agência não poderá abrir”, explicou Edson.

O diretor do Sindicato Daniel Mendes lembrou que a porta-giratória é um item obrigatório garantido por lei municipal. “Os colegas precisam ter tranquilidade para trabalhar. Vamos continuar monitorando esses problemas de segurança e os defeitos em condicionadores de ar”, avisou.

Se o bancário estiver enfrentando algum problema em sua agência, deve entrar em contato com o Sindicato. Não precisa dizer o nome. Basta preencher um formulário online e dizer se o problema é assédio moral, segurança, insalubridade ou qualquer outro. Você pode também ligar para o Sindicato ou chamar o diretor de sua zonal. “O Sindicato está pronto para ajudar. Pode ligar, mandar a denúncia por celular para o diretor da área”, diz o diretor Nilton Gomes.

Clique aqui e faça sua denúncia. É sigiloso. De bancário para bancário!

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER