Santander FC de Porto Alegre vence Copa Sul dos Bancários em Florianópolis

A final da Copa Sul-Brasileira Bancária de Fut7 2018, que reuniu seis times da Região Sul, foi realizada no sábado e domingo, 17 e 18/3, em Florianópolis (SC). Na decisão, entre duas equipes gaúchas, o caneco ficou com o Santander FC, que bateu o Bradesco FC por 6 a 4, na quadra de grama da Associação Brasil HSBC. O resultado confirmou a hegemonia do Rio Grande do Sul na quarta edição da competição, que conquistou três títulos. A equipe Amigos da Bola garantiu a terceira colocação ao vencer os Boleiros nas cobranças de pênaltis.

Os times da Copa

Sindicato dos Bancários de Florianópolis e Região: Amigos da Bola e Boleiros

SindBancários de Porto Alegre: Bradesco FC e Santander FC;

Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região: Manguaça e Audax

Vitória na bola

Nas redes sociais, o diretor do SindBancários, Luis Gustavo Vargas Soares, trabalhador do Bradesco, que coordenou a delegação gaúcha, escreveu: “o Santander venceu por 6 a 4 em uma partida muito disputada e com emoção até o último minuto”. E agregou: “parabéns ao campeão e a todos participantes”. O técnico do Bradesco, Robson Junior, trocou abraços com técnico José Antônio da Cunha França, que comandou a equipe do Santander fora das quatro linhas e merecidamente ficou com os louros de melhor técnico da competição.

Arbitragem profissional

O apito da Copa passou batido, no jargão dos chamados homens de preto. Isso significa que trabalharam de acordo com as regras do jogo, sempre com muita disciplina e respeitos aos atletas. A equipe, constituída por Otto Silva, André Silveira, Naran Rosa e Itauê Rosa, apitaou com seriedade e a mais absoluta isenção. Claro, amarelo pra cá e vermelho pra lá, quando foi necessário pra botar ordem e coibir eventuais deslealdades dentro das quatro linhas. Otto e André comandaram a decisão e confirmaram a sóbria atuação da equipe nas duas etapas da competição, sem qualquer interferência nos resultados das partidas.

Taças, medalhas

Durante a premiação, o presidente do SEBB Floripa, Marco Silvano, após destacar o futebol como fator de integração e união para as lutas dos bancários, lembrou que a ideia da competição nasceu em um encontro nacional da categoria. “Deu certo. Hoje, temos uma copa com ampla participação dos sindicatos dos três estados e todos batendo uma bola de alto nível”, asseverou.

O presidente do Sindicato de Curitiba, Elias Jordão, lamentou o fato de nenhum time do Paraná ter passado da primeira fase. “O futebol é um momento de lazer, mas também é uma forma de se juntar contra aqueles que querem afastar os bancários da luta. Agradecemos a acolhida e esperamos todos vocês para a Copa de 2019, em Curitiba”, acentuou Elias.

Já o diretor do Sindbancários, Gerson Marques dos Reis, agradeceu a acolhida dos colegas de Santa Catarina e destacou que “iniciativas como estas são importantes para promover a unidade entre os bancários. Vamos torcer e fazer de tudo para que esta harmonia e garra se repita na campanha salarial da categoria neste ano”.

 

Crédito fotos: SEEB Florianópolis

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER