Santander Bairro consolida força no futebol bancário ao conquistar título do futsal 2018

Bicampeão do futebol de campo. Campeão no futebol sete. Duas vezes campeão do futsal em três anos. E se todas essas taças levantadas e devidamente registradas nas galerias de fotos do SindBancários não ajudem a confirmar o que diremos a seguir, basta pensar que os colegas do Santander Bairro venceram o Bradesco FC por 5 a 4 no sábado, 1º/9, e conquistaram o título da Copa SindBancários de Futsal 2018 no Ginásio dos Metalúrgicos de Canoas. São mais do que uma força. Já começam a rivalizar com outro time hegemônico e cheio de títulos: exatamente os colegas do Bradesco FC. Na decisão de terceiro e quarto lugar, o Itaú S.A. venceu o Santander Centro por 7 a 1.

Foi uma vitória contra um time multicampeão. Os colegas do Santander Bairro constroem trajetória vencedora no futsal e mostram que há uma força consolidada no futebol bancário. No ano passado, o Santander Bairro FC só não emplacou uma tríplice coroa, vencendo todos os torneios de 2017, justamente porque encontrou um adversário à altura na final do futebol sete. O Santander Bairro perdeu na final do F7 para o Bradesco FC. Torneio, aliás, que está com as inscrições abertas e logo vai começar.

Por certo, os jogos entre Bradesco FC e Santander Bairro são sempre pegados. Dizer que o jogo terminou com vitória no tempo normal para os campeões não é dizer tudo sobre o jogo do sábado. A finalíssima só foi decidida faltando pouco menos de dois minutos para o jogo terminar no segundo tempo. O primeiro tempo terminou em empate de 3 a 3 após início avassalador do Bradesco FC. O gol de empate do Santander Bairro no final da primeira etapa saiu quando faltavam 1min e 30 segundos.

Veja galeria de fotos das finais da Copa SindBancários de Futsal 2018

Os jogos entre as duas equipes são sempre muito disputados, bonitos de se ver. O presidente do SindBancários, Everton Gimenis, saudou o grande jogo da final e o contexto de luta que os bancários vivem. “Foi uma grande final. Os nossos campeonatos estão cada vez mais marcados pela qualidade técnica. É impressionante a qualidade dos jogos. Nossos campeonatos não têm apenas esse sentido do jogo pelo jogo. O futebol aqui ajuda a gente a fortalecer a solidariedade de trabalhadores entre nós pela convivência. Não por acaso conquistamos este ano uma convenção coletiva nacional e em acordos aditivos por bancos e avanços como aumento real com mobilização. Somos uma categoria fortalecida pela luta por melhores condições de trabalho e que sabe jogar bola”, afirmou Gimenis.

O diretor da Fetrafi-RS e que trabalhou na organização do torneio, Gerson Reis, o Gordo, agradeceu a participação dos colegas. “Foi um torneio que todo mundo colaborou. A gente sabe que às vezes os ânimos ficam mais exaltados, mas não passa disso. O que acaba prevalecendo mesmo é a integração e a convivência num ambiente que não aquele de trabalho, onde estamos expostos à tensão da rotina”, acrescentou Gerson.

Goleador

Quando ele não marca, o que foi algo raro na Copa SindBancários de Futsal 2018, começa a jogada ou faz a assistência. O vigor físico e o domínio dos fundamentos fizeram de Victório Santi o goleador da Copa, passar a ser conhecido como “El Tanque”. Ele marcou 17 gols, somando o segundo do Santander Bairro na final. Rafael Eltz (Bradesco Gravataí) ficou em segundo, com 11 gols. Dair Fernando (Bradesco FC) chegou a oito, com o gol que marcou na finalíssima. Julian Tavares, do Itaú S.A., ficou com sete.

Campeão: Santander FC

Vice-campeão: Bradesco FC

Terceiro Lugar: Itaú S.A.

Quarto Lugar: Santander Centro

Goleador: Victorio Santi, 17 gols

Goleiros menos vazados: Carlos Ricardo e Lucas Borges, com 14 gols (Santander Bairro)

4ª Rodada – Sábado 4/8

Santander Centro 3×8 Itaú S.A.

União FC 4×3 Metropol

Banrisul 0x10 Bradesco Gravataí

5ª Rodada – Sábado 11/8

União FC 2×1 Banrisul

Santander Bairro 7×1 Bradesco Gravataí

Repescagem

Metropol 0x4 Bacen FC

Quartas de final, Sábado – 18/8

Santander Bairro 4×3 Bacen FC (Q1)

Bradesco FC 6×1 Banrisul (Q2)

Itaú S.A 3×2 União FC (Q3)

Bradesco Gravataí 0x3 Santander Centro (Q4)

Semifinais, Sábado – 25/8

Santander Bairro 7×2 Itaú S.A. (S1)

Bradesco FC 6×3 Santander Centro (S2)

Finais, Sábado – 1º/9

Decisão de 3º e 4º lugar

Itaú S.A. 7×1 Santander Centro

Final

Santander Bairro 5×4 Bradesco FC

Goleadores

Santander Bairro: 17 gols: Victorio Santi. 6 gols: Renan Baur. 4 gols: Marcelo de Oliveira, Bruno Schwarz. 3 gols: Ronaldo Ferri, Carlos Ricardo. 2 gols: Diego Goulart. 1 gol: Vitor Hugo, Lucas Fernandes, Jeferson Martins, Fabio Garcia, Diego Ramos.

União FC: 3 gols: Thiago Cidade, Clovis Jr., Leonardo Krug. 1 gol: Thiago Cidade, Ederson Cimarosti, Diego Pacheco.

Banrisul: 4 gols: Romulo Bandeira. 2 gols: Regis Bueno. 1 gol: Everli de Castro, Nicolas Samuel.

Metropol: 2 gols: Luis Henrique Martins, Thomas Henrich, Sergio Grassi. 1 gol: Rafael Heszer, Sandro Oliveira, Eduardo Fatore, Guilherme Perasi, Thiago Remião.

Bradesco Gravataí: 11 gols: Rafael Eltz. 3 gols: Diego Greiver. 1 gol: Elias Soares, Diego Greiver, Gabriel Macedonia, Felipe de Freitas, Rodrigo Saraiva.

Bacen FC: 4 gols: Pericles Magalhães. 3 gols: Luis Guilherme. 2 gols: Eddie Brandão, Rodrigo Gonzalez. 1 gol: Samuel Correa, Anderson Brum.

Santander Centro: 4 gols: Juliano Madrid. 3 gols: Luis Fernando Amaro, Ladimir Nazute. 2 gols: Fernando Pinto. 1 gol: Tiago Dimer, Leandro Fonseca, Rodrigo Miguel, Jonathas Diniz.

Itaú S.A.: 7 gols: Julian Tavares. 5 gols: Lucas Velozo, Guilherme da Cunha. 3 gols: Jean Cittadin, Julio Baez. 2 gols: Thomaz Souza, Lucas Matos. 1 gol: Jonas Machado.

Bradesco FC: 8 gols: Dair Fernando. 4 gols: José Vitt. 3 gols: Gregorio Arnecke, Robson Marques, Vinicius de Mattos. 2 gols: Emerson Barros, Gerson Junior, Roger Veber. 1 gol: Vicente Ruas, Douglas Appelt, Vinicius Bender, Maikon Oliveira, Guilherme de Borba.

 

Crédito fotos: Jackson Zanini

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER