Reunião debate Cassi na Fetrafi-RS

Colegas estão convidados a participar de encontro que vai esclarecer a importância da mobilização, na quarta-feira, 25/9

Colegas do Banco do Brasil têm um compromisso com a defesa da sua saúde e da Cassi na quarta-feira, 25/9, a partir das 18h, na sede da Fetrafi-RS (Cel. Fernando Machado, 820, Centro Histórico de Porto Alegre). Vamos realizar essa reunião de esclarecimento preparatória ao Encontro Nacional sobre a Cassi em 28 de setembro em São Paulo.

Vamos dar continuação ao chamado que os dirigentes sindicais de todo o país fazem com visitas nos locais de trabalho para esclarecer as questões que envolvem a Cassi. Realizamos um Dia Nacional de Luta em Defesa da Cassi e precisamos ficar atentos para o que o banco tem feito com a nossa saúde.

A participação agora é fundamental para a gente lutar pela Cassi. A direção não quer ampliar a participação do banco no custeio da Cassi. Quer repassar tudo para nós. O gato subiu no telhado”, avaliou o diretor do SindBancários e funcionário do Banco do Brasil, Rogério Rodrigues.

Reunião de mobilização em defesa da Cassi

Quarta-feira, 25/9 | 18h | Sede da Fetrafi-RS (Cel. Fernando Machado, 820, Centro Histórico de Porto Alegre)

O que a intransigência da nova diretoria quer impor

> Fazer a gente pagar mais pelo nosso atendimento em saúde e reduzir a responsabilidade do banco.

> Precarizar o que puderem para desmontar o banco e facilitar venda.

> Aumentaram o valor da coparticipação e agora querem que a gente tenha que pagar por atendimento complexo, como tratamento de doenças graves, pelo resto da nossa vida.

> Transformar o teto de 1/24, hoje cobrado em parcela única, em um teto mensal, mas obrigando o funcionalismo a pagar o tratamento completo. Em diversos casos isso significará um endividamento com a Cassi para o resto da vida. É penalizar o colega que já está adoecido.

> A Cassi está sob direção fiscal da ANS, e sob este governo ultraneoliberal e privatista. O risco é, no futuro, o plano de associados ser liquidado.

O que nós queremos

> Queremos que os colegas nos ajudem nas mobilizações para pressionar a direção a voltar à mesa e negociar condições mais decentes de atendimento de saúde da Cassi.

> Queremos resolver a condição financeira da Cassi e um melhor atendimento à saúde por meio da negociação com a diretoria.

> Queremos que o BB assuma sua responsabilidade com a Cassi e volte à mesa de negociação com as entidades de representação dos funcionários.

> Queremos que o BB respeite os acordos e que a Direção da Cassi mantenha as regras da coparticipação que foram aprovadas pelo corpo social em 2007.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER