Quadrilha com 16 criminosos explode agência da Caixa em Nova Hartz, no Vale do Sinos

Um grupo formado por até 16 criminosos explodiu três caixas eletrônicos de uma agência da Caixa Econômica Federal em Nova Hartz, no Vale dos Sinos, na madrugada do domingo, 22/01. A agência ficou parcialmente destruída. O ataque aconteceu por volta das 3h30. A quadrilha utilizou explosivos para danificar os três terminais de saque, mas não há informações se o dinheiro foi levado.

Exatamente quando ocorria a terceira explosão, a patrulha da Brigada Militar chegou ao local, havendo troca de tiros com os criminosos, que fugiram em quatro veículos – dois seguiram em direção a Igrejinha, e outros dois em direção a Parobé. Depois, dois carros foram abandonados, e um quinto veículo resgatou os assaltantes. Aparentemente, ninguém ficou ferido.

Quadrilha especializada

O comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar, major João Ailton Iaruchewski, relata que a situação é incomum para o município de cerca de 18 mil habitantes:

Esse tipo de ação, com explosão de terminais eletrônicos… Não tínhamos ainda um ato dessa grandeza. Mas temos certeza de que é uma equipe de delinquentes especializada, um pessoal que já está se tornando especialista neste tipo de ação. Estamos em constante monitoramento, mas, dessa vez, não conseguimos nos antecipar”, disse.

Outro explosivo

Aparentemente, os criminosos ainda pretendiam explodir outro dos seis caixas eletrônicos da agência, pois a polícia ainda encontrou mais um explosivo dentro da agência. Como a ação ocorreu na Caixa Econômica Federal, a Polícia Federal foi chamada e está investigando o caso.
Fonte: Informações da Rádio Guaíba e jornal Zero Hora, com foto do jornal Repercussão

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER