Protesto em agência histórica do BB sensibiliza clientes

Dirigentes do SindBancários passaram a manhã da quinta, 21/1, na agência Caminho do Meio, no bairro Rio Branco em Porto Alegre, em ato nacional de protesto contra a reestruturação do Banco do Brasil

O senhor bancário aposentado do Banco do Brasil lamenta. A professora aposentada critica o governador pelo parcelamento de salários e redução de 500 reais de sua aposentadoria e deixa bem claro que não votou no atual presidente que só ataca funcionário público e não faz nada. O casal de idosos quer saber mesmo se a agência Caminho do Meio vai fechar.

As vidas destes senhores e senhoras que conversaram com dirigentes do SindBancários em frente à agência Caminho do Meio do Banco do Brasil no Bairro Rio Branco, em Porto Alegre, na manhã da quinta-feira, 21/1, têm algo em comum. Seus caminhos literalmente se cruzam na Caminho do Meio, naquela que é uma das mais antigas agências bancárias de Porto Alegre.

Mas ela deve fechar. Vai entrar na lista do ministro Paulo Guedes e de Jair Bolsonaro, escrita sob a forma de uma reestruturação que deve acabar com 361 agências em todo o país e com 5 mil postos de trabalho por conta de um PDV.

A Caminho do Meio tem quatro décadas de serviços prestados aoi clientes, a gerações de clientes. Na manhã da quinta, 21/1, as pessoas citadas no início deste texto nem reclamaram com o Sindicato do atraso de meia hora em sua abertura. Foi Dia Nacional de Luta contra a Reestruturação no BB e de reunião com colegas.

Desde 1993, o bancário aposentado vem na Caminho do Meio fazer suas operações. O casalzinho de idosos agora calcula o duplo estrago do fechamento: precisar ir de condução até outra agência do BB e perder o precioso exercício da caminhada de casa até o banco.

O presidente do SindBancários, Luciano Fetzner, ao final da reunião com os colegas, conversou diretamente com os clientes. Agradeceu à compreensão, pediu desculpas pelo atraso e esclareceu os motivos do ato. “Pedimos a compreensão de vocês. Nosso objetivo é garantir o atendimento e o acesso dos clientes a esta agência”, explicou.

O diretor do SindBancários e empregado do Banco do Brasil, Ronaldo Zeni, procurou deixar claras as condições políticas estruturais da reestruturação e o papel dos bancários nesta hora. “Os bancários estão na luta contra a desconstrução do Banco do Brasil que prejudica os trabalhadores com a redução de agências. Estamos neste dia de luta nacional para denunciar as atrocidades do governo Bolsonaro”, enumerou Zeni.

Para a diretora da Fetrafi-RS e empregada do Banco do Brasil, Priscila Aguirres, o tempo é de os colegas se unirem para lutar pelos seus empregos e pelo fim da reestruturação. “Os colegas precisam estar unidos neste momento. A reestruturação atinge a todos. A participação de todos é importante para termos força e lutar contra a reestruturação”, salientou Priscila.

O diretor Rogério Rodrigues, também empregado do Banco do Brasil, conta que, desde o anúncio do processo de início do fechamento de agências e demissões, a diretoria do banco não veio a público esclarecer detalhes, o que deixa os colegas apreensivos.

“Sentimos o pessoal assustado devido à dificuldade em se reencaixar neste processo. Ainda não temos informação claras de regras. Sabemos que a matemática não fecha. Vai sobra gente”, contou Rogério.

Paralisação

Na próxima sexta-feira, 29/1, o movimento sindical bancário nacional preparar um dia nacional de paralisações contra a reestruturação. Chegou a hora da mobilização e da luta. O Sindicato irá manter os colegas de sua base informados sobre atos e calendário de lutas.

Cliente, proteste

A agência em que você costuma fazer suas operações está fechando e com menor número de funcionários? Proteste na Ouvidoria do BB. Ajude os(as) bancários(as).

Ouvidoria do BB: 08007295678

Bancário(a), denuncie

Está sofrendo algum tipo de pressão para assinar PDV ou para aceitar mudança de agência sem negociação e conversa? Não aceita fazer aquilo que vá te prejudicar. Chama o Sindicato. Denuncie.

Clique aqui e denuncie.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER