Projeções em prédios de Porto Alegre denunciam descaso da Caixa

Ação da Campanha Nacional dos Bancários foi promovida pela Fenae das Apcefs em diversas capitais, como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte, Belém e Brasília.

Dentro das ações da Campanha Nacional Unificada dos Bancários, Porto Alegre foi uma das capitais que teve projeções denunciando o descaso da Caixa com seus empregados nesta quinta, dia 27. A capital gaúcha teve três prédios com mensagens projetadas. No mesmo momento, os bancários de Porto Alegre, reunidos em assembleia, decretaram estado de Assembleia Permanente.

A projeção também é simbólica porque ocorreu na véspera do Dia Nacional dos Bancários. A categoria segue mobilizada para manter direitos e mostrar para a sociedade o descaso do governo Bolsonaro e do presidente da Caixa com a saúde e a segurança dos empregados.

Os bancários tentam chamar a atenção para o seu árduo trabalho durante a pandemia, quando os empregados ficaram encarregados de realizar o pagamento do auxílio emergencial, além de tantos programas que ajudam o país a sair da crise.

Algumas mensagens projetadas são sobre o Saúde Caixa, plano de saúde que pode ser inviabilizado para os trabalhadores.

Confira mensagens projetadas:

– O empregado Caixa arriscou sua saúde para pagar o auxílio emergencial.
– Agora o governo quer cortar o plano de saúde dos empregados da Caixa.
– O empregado da Caixa se desdobrou para atender milhões de pessoas durante a pandemia.
– O governo quer reduzir a remuneração dos trabalhadores da Caixa.
– Governo não cuida nem da saúde nem da segurança dos empregados da Caixa.
– O governo quer reduzir os cuidados com a saúde e a segurança dos bancários da Caixa.
– Bolsonaro, Guedes e Guimarães querem tirar direitos dos empregados da Caixa.
– Caixa social é a Caixa que serve a sociedade.
– O Brasil precisa da Caixa 100% pública

Fonte: Fenae com edição de Imprensa/SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER