Pressão do SindBancários e da Fetrafi-RS conquista investimentos do BB em conserto de ar-condicionados

Foram 20 denúncias sobre problemas em sistemas de refrigeração a ar em agências do Banco do Brasil somente na área de atuação do SindBancários desde dezembro. Em todas elas, o Sindicato esteve presente, ouviu colegas e cobrou das instâncias superiores de gestão do BB resoluções urgentes aos casos. O efeito dessa cobrança e da pressão do Sindicato, junto com a Fetrafi-RS, foi um compromisso da Superintendência Estadual do BB de trocar condicionadores de ar em 70 agências em todo o Estado.

Os defeitos nos 20 pontos acima mencionados já foram reparados, segundo informou a Superintendência Estadual do BB em Porto Alegre. Outro efeito das ações do SindBancários e da Fetrafi-RS foi a troca da empresa de manutenção. O contrato foi rescindido e uma nova contratação já foi realizada.

Um dos casos mais dramáticos de problemas enfrentados pelos colegas do BB ocorreu na agência Campus Centro da UFRGS. Em obras, a agência está fechada. Os funcionários foram alocados para uma sala num dos prédios próximos à Reitoria da UFRGS. O problema é que neste prédio não havia um sistema de refrigeração que funcionasse.

Dirigentes sindicais procuraram insistentemente a Superintendência Estadual do BB em Porto Alegre, realizaram gestões e pressões junto a GEPES e fizeram com que a Diref, de Brasília, se envolvesse. Afinal, não era possível que um banco público do porte do BB passasse o verão inteiro com agências sem condições de trabalho e com atendimento precário.

“Depois de reuniões e muita pressão, conseguimos um compromisso do banco para resolver os problemas. Estava um caos nas agências. Não havia condição de trabalho”, explicou o diretor do SindBancários, Julio Vivian.

A diretora da Fetrafi-RS, Luiza Bezerra, disse que o compromisso do banco será acompanhado de perto pelo SindBancários. “Estamos recebendo mais denúncias de problemas com ar-condicionado nas agências do Banco do Brasil. Estamos resolvendo essas novas denúncias. Consideramos um avanço o compromisso de reparar os sistemas de refrigeração no inverno, mas vamos ficar atentos”, avaliou Luiza.

O diretor de Saúde do SindBancários, Eduardo Munhoz, reivindicou a aceleração da resolução dos problemas e sugeriu que os colegas continuem denunciando. “É uma questão de saúde. Agências sem refrigeração decente levam os colegas ao adoecimento e mancham a imagem do Banco do Brasil junto aos clientes”, disse o diretor.

Denuncie no Tudotemlimite!

Os trabalhadores que tenham alguma denúncia de assédio moral ou qualquer outro tipo de problema devem denunciar nos canais do Sindicato. O SindBancários mantém um canal direto de denúncia, o Tudotemlimite. Denuncie para que possamos atuar, proteger o trabalhador. Ajude-nos a erradicar o assédio moral dos bancos, a pressionar por melhores condições de trabalho e proteger a saúde dos bancários. A identidade de quem denuncia é preservada.

Ligue: (51) 3433-1225/3433-1200

[email protected]

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER