Posto do BB no Jardim Botânico sofre sexto ataque em menos de três meses

O primeiro dia do ano não trouxe novidade para o posto de atendimento do Banco do Brasil localizado na Rua Guilherme Alves, 600, no bairro Jardim Botânico: pela sexta vez desde outubro último, a unidade bancária foi arrombada na virada do ano, trazendo mais insegurança aos funcionários e clientes e alterando a rotina de trabalho. A diretora do SindBancários Bia Garbelini esteve no local e determinou o fechamento do posto até que as portas arrombadas fossem consertadas.

O posto tem seis bancários e vigilância apenas durante o horário de expediente. “A grande reinvindicação dos moradores e da comunidade próxima é que o local tenha vigilância 24h”, diz a sindicalista. “Conseguimos manter a unidade fechada até que as portas fossem consertadas mas o posto é muito fácil de ser invadido, o que gera grande insegurança dos trabalhadores”, relatou.

Motivo de chacota nas redes sociais

Bia Garbelini conta que no arrombamento anterior, os ladrões tentaram levar um televisor e desta vez roubaram roupas e pertences dos funcionários, deixados nas mesas. “O posto de atendimento está visado pelos ladrões pois é muito vulnerável. O sexto ataque, em menos de três meses, já virou até motivo de chacota nas redes sociais”, contou Bia. “Através do Sindicato, estamos cobrando do BB uma solução para o problema, com vigilância 24 h no local”, concluiu.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER