Polícia prende suspeito da morte do gerente do Sicredi em Anta Gorda

Após mais de dois meses de investigação, a Polícia Civil prendeu e indiciou nesta quarta-feira, 23/01, um homem de 52 anos identificado pelas iniciais C.A.W.P. e apontado como o responsável pela morte de Jacir Potrich, gerente do Sicredi de Anta Gorda, no interior do Rio Grande do Sul. O bancário foi visto pela última vez no dia 13 de novembro de 2018, entrando na garagem do prédio onde morava. A prisão ocorreu por meio de uma operação deflagrada, coordenada pelo delegado Guilherme Pacífico da Silva, busca solucionar o caso que se tornou um mistério.

Capão da Canoa

O acusado foi preso temporariamente nesta manhã em seu apartamento em Capão da Canoa por agentes da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa pelo crime de homicídio qualificado, por motivo fútil e ocultação cadáver. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Anta Gorda e será enviado ao Presídio Estadual de Encantado. Ele ficará temporariamente recolhido por trinta dias, período destinado à conclusão do inquérito policial.

Durante a ação, nomeada “Gerente A.G.”, policiais civis, bombeiros militares, brigadianos e peritos criminais cumpriram dois mandados de busca e apreensão, na residência e no local de trabalho do acusado, nos municípios de Anta Gorda e Arvorezinha. Agora, as diligências visam a localização do corpo da vítima.

Fonte: Imprensa SindBancários com Correio do Povo/Rádio Guaíba

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER