Polícia Civil prende mulheres de quadrilha que ataca caixas eletrônicos

Na manhã desta segunda-feira, 30/10, a Polícia Civil deflagrou a Operação Maratá, contra crimes ao patrimônio, incluindo ataques a bancos. A ação foi realizada nas cidades de Novo Hamburgo, Montenegro, Capela de Santana e Portão. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, com a prisão de duas mulheres. Uma delas é irmã do líder da organização criminosa que praticava os crimes. Armas e materiais explosivos foram apreendidos (foto acima).

Banrisul em Maratá

A investigação é relacionada com um crime que aconteceu na cidade de Maratá, no Vale do Caí, em 10 de julho. Na ocasião, quatro homens fortemente armados entraram no autoatendimento de uma agência do Banrisul e explodiram um caixa eletrônico e de efetuaram disparos de arma de fogo, levando uma quantia em dinheiro.

Ação policial

A ação da polícia começou na última sexta-feira, 27/10 e se estendeu até a manhã desta segunda-feira, visando prender João Batista Crisóstomo de Araújo, 53 anos, conhecido como “Tio”, líder do bando, mas a prisão não ocorreu. “Tio” está foragido desde 18 de março e possui antecedentes por diversos crimes, inclusive contra instituições bancárias.

Mariana Pimentel e Ibiraiaras

O criminoso já foi indiciado pelos ataques aos bancos dos municípios de Mariana Pimentel e Ibiraiaras. De acordo com a Polícia Civil, a quadrilha de Tio é alvo de investigação por outros crimes, como roubo e furto com uso de explosivos e também roubo a um carro-forte em Caxias do Sul, na Serra, em 8 de maio.

O diretor de Investigações do DEIC, delegado Sander Cajal, destaca que a operação faz parte do planejamento estratégico do Departamento de Investigações Criminais para o ano de 2017, visando à repressão de crimes praticados contra instituições financeiras e outros estabelecimentos comerciais, mediante emprego de material explosivo.

Fonte: Imprensa SindBancários com informações da Rádio Guaíba e foto da Polícia Civil

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER