Plenária permanente convoca para carreata contra PEC 280

Neste sábado, 15/5, a partir das 15h, concentração no Largo Zumbi dos Palmares em Porto Alegre dá início à onda de mobilização para defender o Banrisul público em todo o Estado

A plenária permanente de mobilização contra a PEC 280/2019, na quinta-feira, 13/5, deu o tom de um levante Banrisulense para criar uma grande onda de mobilização em defesa do Banrisul público. E a luta contra a PEC 280/2019 se intensifica a partir das 15h deste sábado, 15/5, com a carreata contra a PEC 280, a partir das 15, em Porto alegre

A concentração começa às 15h, no Largo Zumbi dos Palmares. Sindicatos de Bancários do Interior do estado também se mobilizarão mudar votos de deputados e acabar com as intenções do governador Eduardo Leite de entregar o Banrisul, a Corsan e a Procegers, retirando o plebiscito para a venda da Constituição Estadual.

Leve um quilo de alimento não perecível, seu álcool gel e lembre-se de levar a sua máscara e seguir protocolos sanitários. Entidades como a CURT-RS e o próprio SindBancários estão arrecadando alimentos para as pessoas que mais precisam durante a pandemia de Covid-19.

Vale tudo para conseguir reverter votos. Lembre-se que a votação no primeiro turno em plenário da Assembleia legislativa foi na bacia das almas. O governo do Estado precisava de 33 votos e os conseguiu vender por 33 a 19. Mas esse foi só o primeiro tempo o jogo. Ao menos dois votos estão sob suspeita.

Por esse motivo, o SindBancários e a Fetrafi-RS entraram com um pedido de informações sobre o andamento do pedido de anulação da votação em primeiro turno do dia 27/4.

O pedido serviu para fazer a PEC 280/2019 voltar à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa. Ela será avaliada novamente em sessão da CCJ da próxima terça-feira, 18/5. A sessão será transmitida ao vivo pelas redes sociais do SindBancários.

Até lá, Banrisulenses têm as seguintes tarefas. Lembre-se que estamos diante de uma pandemia e que vamos precisar trabalhar muito nas redes sociais.

Com esse recurso do pedido de informações do SindBancários e da Fetrafi-RS, os Banrisulenses ganharam tempo. A PEC 280 deve entrar em votação no segundo turno na primeira ou segunda semana de junho.

> Faça uma lista com seus familiares, com seus colegas de outras agências ou quem estiver interessado para participar das carretas da sua região. Sindicatos estão se organizando em todo o estado e fazendo atividades que deem visibilidade.

> Vá às redes sociais (facebook, twitter, instgaram) da Fetrafi-RS e do SindBancários e compartilhe tudo que você puder sobre a PEC 280. Use as hashtags #NãoàPEC280 e #QueroPlebiscito.

> Marque o governador Eduardo Leite nas redes. Digite @EduardoLeite que o nome dele deve aparecer numa lista. Basta clicar em cima.

> Entre em contato pelas redes sociais com seus colegas do banco e os convide pessoalmente ou por meio do whatsapp par a participar das atividades.

O que disseram dirigentes sindicais bancários(as) na Plenária Nacional Permanente dos Banrisulenses contra a PEC 280 na quinta, 13/5.

O presidente do SindBancários, Luciano Fetzner, faz algumas considerações sobre o tom das postagens. “Não vamos entrar em confronto, não vamos ofender nem faltar com o respeito com nenhum deputado. A ideologia política agora não importa. Tem deputados de todos os partidos que aceitam conversar”, orientou.

“O Eduardo Leite está se articulando a venda do Banrisul com o Santander.  Privatizar não é uma coisa boa. População já entendeu o quanto é ruim vender empresas públicas. Precisamos criar uma rede de resistência. Cada um deve ter mais 10 pessoas para passar as informações. O resultado da própria votação já mostra uma vitória. Temos que acreditar que podemos fazer a nossa parte e conseguir que o governador não consiga seus objetivos.” (Juvandia Moreira, presidenta da CUT-RS.

“É importante que envolvamos todos os setores. Envolver as outras categorias nessa luta e em todas as lutas. Fizemos reunião com as centrais sindicais Reunião das centrais. A ameaça de privatização está nos três níveis, estadual, federal e municipal. Temos que unificar a luta. Esta semana criamos a Frente em Defesa das Empresas Públicas e contra as privatizações.” (Everton Gimenis, ex-presidente do SindBancários e vice-presidente da CUT-RS)

Saiba por que a sessão de 27/4 ficou conhecida como a votação da vergonha  da PEC 280

> O deputado Dirceu Franciscon (PTB) votou não, contra a PEC 280, mas seu voto foi computado como sim.

> O deputado Neri o Carteiro não estava presente na sessão, mas teve seu voto contado como sim.

> O governador Eduardo Leite cedeu à pressão de deputados da base governista, especialmente do partido Novo, e rebaixou a bandeira de preta para vermelha do isolamento, atendendo a pedido de liberação das aulas.

> O governador Eduardo Leite reuniu deputados de sua base e ofereceu um kit asfalto em troca da garantia dos 33 votos necessários para atingir a proporção de três quintos dos deputados para aprovar a PEC 2890/2019.

> O SindBancários e a Fetrafi-RS entraram com um pedido de informação sobre o processo de tramitação do pedido de anulação da votação do primeiro turno da PEC 280 em 27/4.

Fonte: Imprensa SindBancários

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER