PF investiga irregularidades em fundos de pensão, incluindo Funcef e Previ

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta segunda-feira, 05/09, a Operação Greenfield, que pretende apurar possíveis crimes contra os quatro dos maiores fundos de pensão do país, incluindo a Funcef  (fundo de pensão de funcionários da Caixa) e a Previ (de funcionários do Banco do Brasil) . Também estão sob investigação a Petros (de trabalhadores da Petrobras), e o Postalis (de trabalhadores dos Correios).

No Rio Grande do Sul, seriam dois mandados de busca e um de condução coercitiva. No total, estão sendo cumpridos 127 mandados judiciais expedidos pela Décima Vara Federal de Brasília: sete de prisão temporária, 106 de busca e apreensão e 34 de condução coercitiva nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Amazonas, além do Distrito Federal.

Investimentos temerários

A ação se baseia em dez casos revelados a partir do exame das causas dos déficits bilionários apresentados pelos fundos de pensão. Entre eles, oito são relacionados a investimentos realizados de forma temerária ou fraudulenta pelos fundos de pensão, por meio dos Fundos de Investimentos em Participações.

Sequestro de bens

A decisão judicial ainda determinou o sequestro de bens e o bloqueio de ativos e de recursos em contas bancárias de 103 pessoas físicas e jurídicas, que são alvos da operação no valor aproximado de R$ 8 bilhões.

Uso político das investigações

“Somos a favor de que todas as irregularidades sejam investigadas e os responsáveis sejam punidos”, diz o presidente do SindBancários, Everton Gimenis. “Nossa preocupação é com a utilização política destas operações policiais, num momento em que o Congresso Nacional – com uma formação majoritariamente conservadora, e sob o governo golpista de Temer – discute o projeto de lei 268, que elimina a paridade no número de diretores que representam os trabalhadores, na direção deste fundos de pensão de empresas e órgãos públicos”, esclarece Gimenis.

 

Fonte: Imprensa SindBancários com Agências de notícias do Correio do Povo

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER