OP 2021: Projeto se materializa em Cestas Básicas e solidariedade para institutos

Foram entregues 32 cestas para o Instituto São Marcos e a Pequena Casa da Criança

Implementado em 2021 no SindBancários, as iniciativas aprovadas pelo Orçamento Participativo do Sindicato começam a sair do papel. O projeto “Cestas básicas para Instituto São Marcos e Pequena Casa da Criança”, proposto pelo bancário do Banrisul Luiz Fernando de Oliveira Carbone e aprovado pelos sócios do Sindicato se materializou em 32 cestas-básicas, que foram entregues às duas instituições nos dias 5 e 6 de agosto.

Carbone explica que sempre buscou ajudar associações e entidades que auxiliassem pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica. “Com o surgimento do Orçamento Participativo, vi a possibilidade de ampliar a minha ajuda. Eu já ajudava o Asilo São Marcos e sempre quis fazer mais e resolvi ampliar com mais uma entidade, que foi a Casa da Pequena Criança, localizada em uma região excluída social e economicamente”, observa.
OP é inovador no meio sindical

O Orçamento Participativo do SindBancários é um projeto inovador, implementado a partir da Reforma Estatutária de 2020. O OP reserva uma parte da receita do Sindicato para projetos propostos pelos sócios,. Depois, os sócios escolhem, em assembleia, aqueles que serão financiados.

Para o presidente do SindBancários, Luciano Fetzner, o OP é uma conquista da nossa categoria. “Esta é uma oportunidade de colegas que não vivenciam o dia a dia do sindicato de trazerem ideias que nunca pensaríamos. O sindicato precisa e está aberto a novas ideias, a iniciativas renovadoras e à participação cada vez mais direta dos bancários”, afirma Luciano.
Já a secretária-Geral do SindBancários, Silvia Chaves, lembra que este é o primeiro de muitos Orçamentos Participativos. “Foi com muita alegria que fizemos esta entrega, em um momento em que é evidente a necessidade de termos empatia com o próximo”, analisa.
Luciano e Silvia realizaram a entrega no Asilo São Marcos, enquanto que o diretor de Diversidade e Combate ao Racismo do SindBancários, Sandro Rodrigues, realizou a entrega na Pequena Casa da Criança. Carbone acompanhou ambos os mementos.

Carbone, que é funcionário do Banrisul desde 1985, revela que sempre sentiu falta de uma maior participação do SindBancários em ações sociais e culturais. “Claro que sempre houveram ações como, por exemplo, o CineBancários, que virou referência e exemplo na defesa e exibição de filmes excluídos por não fazerem parte dos grandes estúdios norte-americanos. Mas o OP é importante por não ficar como ação só dá direção, mas também incluir de maneira ativa os associados  e os mesmos se sentirem parte fundamental nas ações. Em vez de ficarmos presos ao nosso universo, à nossa bolha, acabamos nos abrindo para a sociedade e a mesma se abre para conosco”, explica.

Para Carbone, o Orçamento Participativo criou um novo paradigma para o SindBancarios e para os bancários.

Fonte: Imprensa/SindBancários

Fotos: Brayan Martins

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER