Oktober Fest do Sindicato em novembro celebra o rock puro malte com acordes de chope artesanal

Vamos falar de rockeiro(a) pra rockeiro(a). Porque o bagulho vai aumentar em muito o volume dos acordes da guitarra. É rock, meu irmão. E se tiver um chope e uma ceva, da boa, claro, e um lugar para sair chutando tudo, então, é com os guerreiros e as guerreiras. Se o espírito é o da guitarreira, do baixo e da batera, o cálice sagrado é o caneco de chope. Mas como funciona o negócio? Compra o teu caneco e bebe até aguentar, desde que não tenha que dirigir de volta pra casa, que fique claro, e vai pra Oktober Rock Fest do SindBancários, na sexta-feira, 4/11.

Como a gente sabe, pro rock não precisa ter muita sofisticação. Basta que umas boas bandas se juntem num palco, que o som esteja bom e que a bira esteja à altura e gelada. Depois do sucesso do 1º Encontro de Cervejeiros do SindBancários, em 12 de agosto (leia aqui), o Projeto #NoMeGustaMaiz (NÃO GOSTO DE MILHO) faz um voo baixo sobre o rock. E presta bem atenção na data e local. Será a partir das 17h, da sexta-feira, 4/11, no CTG Estância da Azenha (Av. Aureliano de Figueiredo Pinto – Praia de Belas, próximo à rótula das cuias).

O som será ao vivo com bandas formadas por bancários e outras que vamos divulgando na sequência. Os convites estarão à venda a partir da próxima terça-feira, 25/10, na Secretaria Geral, da Casa dos Bancários (Rua General Câmara, 424, Centro Histórico de Porto Alegre). E o que vai dentro do cálice sagrado? Chope produzido por bancários e artesanais de primeira categoria.

É claro que alguém vai perguntar como pode, Arnaldo, uma festa chamada Oktober acontecer em novembro? Primeiro, lembramos que rock não tá nem aí pra isso. Mas também temos uma explicação oficial para rockeiros e rockeiras. “Este ano tivemos uma greve muito forte. Foram 31 dias. Ela começou em setembro e foi até o início de outubro. Pensamos na volta dos colegas para o trabalho e em não fazer um evento tão em cima. Pensamos que não haveria problemas em fazer o festival em novembro. O pessoal pode chamar de novemberfest se quiser”, diverte-se o diretor Fabio Dellanhese.

O bancário e a bancária podem participar adquirindo ingresso. A aquisição do convite dá direito à bebida liberada. Os salgadinhos e outros quitutes da festa com inspiração na cozinha alemã devem ser pagos no local. A cerveja, é claro, segue o conceito iniciado com o Encontro de Cervejeiros em agosto: não venham com milho transgênico que nós acreditamos que “um mundo sem milho é possível”. Portanto, o chope é artesanal. Te gruda, bancários, te gruda, bancária, que o rock do Sindicato não tem transgênico. É puro malte!

Mira os ingressos

Os ingressos podem ser adquiridos a partir das 9h da terça-feira, 25/10, na Secretaria Geral (SEGER) da Casa dos Bancários (Rua General Câmara, 424, Centro Histórico de Porto Alegre).

Mira o preço dos ingressos

1º lote: R$ 45,00 (bancários sindicalizados). R$ 90,00 (público em geral e bancários não sindicalizados).

2º lote: R$ 55,00 (bancários sindicalizados). R$ 110,00 (público em geral e bancários não sindicalizados).

Obs.: Os ingressos também podem ser adquiridos na hora com os cartões Visa e Master.

Mira o dia e a hora

Sexta-feira, 4/11 | 17h | CTG Estância da Azenha – Av. Aureliano de Figueiredo Pinto – Praia de Belas (próximo à rotula das cuias)

Mira os shows

Bandas formadas por bancários e outras.

Mira os chopes

pilsen, weiss, red, Pale Ale, Ipa, Stout , smoked entre outros. Todos artesanais e grande parte produzidos por bancários.

Mira as comidas típicas

Brezel schwein – Sanduíche de costela suína assada e desfiada, com cebolas caramelizadas, servido no pão de pretzel

Hot dog – Tradicional salsicha bock alemã servida em pão francês com mostarda

Cuca alemã com linguíça – tradicional cuca alemã com recheios doces e farofa servida com deliciosa linguíça típica.

Cuca alemã – Tradicional cuca alemã com recheios doces e farofa.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER