O que eles querem esconder, bancários(as)?

Campanha da Fetrafi-RS e SindBancários denuncia PEC 280/2019, que exclui o plebiscito da Constituição Estadual para decidir sobre a privatização do Banrisul, Corsan e Procergs.

A Fetrafi-RS e oSindBancários lançam, nesta sexta-feira, 9/4, uma campanha contra a PEC 280/19, que retira o plebiscito da Constituição Estadual para vender Banrisul, Corsan e Procergs. De autoria do deputado Sérgio Turra (Progressistas), a Proposta tramita a passos largos na Assembleia Legislativa e poderá ser votada em plenário ainda neste mês de abril.

O objetivo principal da campanha é pressionar os parlamentares favoráveis à proposta a rever sua posição e mostrar o papel estratégico das empresas públicas para a economia, o desenvolvimento econômico e para a vida dos(as) gaúchos(as).

A campanha parte de uma pergunta que convida à reflexão. “Por que eles não querem que a população gaúcha decida sobre as privatizações?”. Com este questionamento, as entidades mostram que não há justificativas admissíveis para excluir o povo gaúcho do processo decisório.

Durante a campanha eleitoral, o então candidato Eduardo Leite se elegeu governador com a promessa de que não venderia a Corsan e o Banrisul. Por que, agora, ele mudou de opinião e, pior, quer roubar da população o direito de decidir?

A PEC já teve sua constitucionalidade analisada e aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e na Comissão de Segurança e Serviços Públicos, da Assembleia Legislativa. Em até 20 dias, a PEC/280/2019, pode cumprir as etapas de avalições de mérito e ir à plenário para ser votada.

A CUT-RS e a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) estão entre as entidades que se manifestaram contrárias à tramitação dessa PEC.

A Famurs, inclusive, emitiu nota pedindo transparência, diálogo e a suspensão da tramitação da PEC 280 na Assembleia Legislativa.

A campanha inclui vídeos para TV e internet, spots de rádio, cards para as redes sociais, outdoors, entre outras peças que informam e alertam para mais este ataque à democracia e ao direito de o povo decidir sobre seu futuro.

Plebiscito: para vender, tem que fazer!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER