Ô abre alas pra bancariada passar

Ala dos(as) bancários(as) participa de ensaio geral para o desfile da madrugada de sábado, 7/3, da Império da Zona Norte, em homenagem a Olívio Dutra

Não ficaria completa a homenagem da Império da Zona Norte ao ex-presidente do SindBancários, Olívio Dutra, sem a participação… dos(as) bancários(as). Pois os bancários irão participar com uma ala completinha de cerca de 50 integrantes no desfile que começa na madrugada do sábado, 7/3.

Mas o desfile não é, digamos, aquela gandaia de um bloco de carnaval. Tem regras. E as regras foram repassadas, na noite da segunda-feira, 2/3, no Salão de Festas da Casa dos Bancários, durante o ensaio geral.

Os participantes da ala souberam que a concentração para ir até o Porto Seco para o desfile começa na sexta-feira, às 16h30, na Casa dos Bancários (veja mais abaixo o calendário de deslocamento).

Os bancários ensaiaram passos e simularam um desfile sob a orientação do integrante da Comissão de carnaval da Império da Zona Norte, Júlio César Lemos, o Julião. E cantaram. Cantaram muito o samba-enredo da escola.

Vamos para um evento que tem uma disputa. E essa disputa tem regras que precisam ser cumpridas”, explicou Julião.

Ele ensinou que todos têm que andar somente para frente. “Não pensem que estão num salão. O desfile anda só para a frente. É um desfile militar alegre. A alegria de vocês é fundamental. O canto mais ainda. Muita alegria. Quem não tem samba no pé, pula. Quem não pula, sacode”, detalhou.

Atenção para a programação para o desfile no Porto Seco que começa na trade da sexta-feira, 6/3, e termina na madrugada do sábado, 7/3.

Sexta-feira, 16h30: Começa concentração na Casa dos Bancários. Cada bancário participante da ala, terá seu nome etiquetado na sua fantasia. Será também o momento de ajustar a maquiagem, cabelos e algum ajuste na fantasia.

Sexta-feira, 22h30: Saída do ônibus e da van que vai levar os bancários da Ala dos Bancários para a concentração da Império da Zona Norte no Porto Seco. É importante pensar em levar pouca coisa. Algum dinheiro vivo e um documento de identidade é o suficiente. Não pode levar telefone celular para a avenida.

Sábado, até meia-noite: Previsão de chegada no Porto Seco e deslocamento para o local da concentração da escola.

Sábado (madrugada) 2h55: Início do desfile da Império da Zona Norte, já na madrugada do sábado, 7/3.

Sábado (madrugada) 3h55: Término do desfile da Império da Zona Norte. É importante neste moimento ficar próximo ao grupo para o desloca,mento até o ônibus e a van para voltar à sede do SindBancários.

Como ajudar a escola a ter uma evolução nota 10 na avenida

O celular é proibido na avenida.

Durante o desfile, as selfies estão proibidas para não prejudicar a evolução da escola.

Nunca ande para trás ou para os lados.

A escola perde muitos pontos no quesito evolução se os integrantes vão até as beiradas da avenida cumprimentar amigos ou familiares. Tem que desfilar sempre para a frente. Acene se ver amigo ou familiar e siga em frente. Preste atenção nas orientações do harmonia geral. Ele(a) é responsável pela evolução da escola de samba na avenida. Qualquer erro pode fazer a escola perder pontos.

A regra é a alegria.

Cante o samba. Divirta-se. Pense que está participando da história da cultura popular do Brasil. Vocês está na avenida, sambando em homenagem a um homem muito importante na história da política gaúcha e brasileira. A regra é cantar o samba muito alto. Fique muito alegre. Olívio Dutra é uma lenda.

As mulheres podem vir para o Sindicato com uma maquiagem básica.

Haverá maquiador(a) que vai fazer o complemento da maquiagem e caracterizar o bancário de acordo com a fantasia e o padrão da ala para o desfile no Porto Seco. Quem tiver cabelos compridos, deve providenciar um coque ou algum tipo de amarração que permita que um chapéu caiba na cabeça.

Não leve faixas ou adereços fora da fantasia.

Bolsas atravessadas no peito, faixas, pochetes estão proibidos. Lembre que levar algum dinheiro e sua identidade. E nada mais. Deixe suas mãos livres porque você vai carregar um adereço que faz parte do samba-enredo da escola. Não use acessório que não faça parta da fantasia.

Cante o samba-enrodo da Império da Zona Norte com os(as) bancários(as)

Aprenda abaixo o samba-enredo em homenagem a Olívio Dutra:

O Galo missioneiro canta na Zona Norte

Autores: Vinicius Brito, Vinícius Maroni, Tom Astral e Saimon

Co Yvy Oquereco Yara”

O brado Guarani rasgou a mata

Um choro de menino anuncia a missão

Honrando sua gente

Demarcando os eu quinhão

O “Galo” despertou aos olhos de Jaci

Destino na garupa, é hora de partir

Madrugadas pela estrada

Guiado pela bênção de uma cruz

Semeia, então, no cabo da enxada

A força de Sepé Tiaraju

Vai, meu guri!

Que o velho Cassiano cá está

Não há mordaça que vá te calar

O beijo da Amélia encoraja a jornada

Levante a poeira encarnada

Sem medo, vai à luta, companheiro!

Que a farda é desespero

Cobre quem não tem razão

Enfrenta a aliança do dinheiro

O bolso não te representa, não!

Ele não nos representa, não!

A cada passo, a cada beco, rumo ao Paço

Reúne sonhos numa frente popular

Partilha anseios, assenta ideais de vida

Faz do vermelho lança erguida

E da Matriz à Esplanada vai brilhar

Sou trabalhador da Zona Norte

Sou resistência, ninguém solta a minha mão

Imperiano destinado à própria sorte

No fio do bigode, Olívio é revolução

 

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER