Negociação com Badesul se aproxima de proposta final

Depois de três rodadas de negociação, banco de fomento anuncia disposição para apresentar proposta de Acordo Coletivo

Na terceira rodada de negociação entre a Comissão de Negociação dos Bancários do Badesul e a diretoria do banco de fomento, na sexta-feira, 18/9, mais algumas resistências foram superadas. Alguns temas que o banco não demonstrava disposição em negociar no início do processo foram aprofundados nessa última rodada.

Dois desses temas ficaram bem claros como avanços na negociação da sexta. O Badesul ficou de encaminhar para a comissão nos próximos dias, por escrito, posições finais sobre o teletrabalho e a implantação do plano de carreira. A intenção do banco é de apresentar uma proposta de redação do Acordo Coletivo Específico antes de marcar uma próxima reunião, se preciso for.

Mas também há questões em que não se pôde avançar. Sobre abono eventual, o Badesul afirma ser impossível ultrapassar o limite dos R$2.000,00 apontados no acordo da Fenaban.

Já na PLR adicional, chegou a ser trazida pelo banco proposta de alterar a forma de pagamento da PLR Badesul para proporcional, o que foi rejeitado, pois não dialoga com o que está consolidado na pauta histórica e nos acordos anteriores.

No início das negociações, o banco falava em remeter a discussão da pauta para abril/21. Nessa terceira rodada, o que se construiu na mesa é a renovação integral do acordo atual por dois anos, com os mesmos índices aplicados pela CCT nacional, adesão à CCT nacional, além da possibilidade de se definir um calendário para implementação de regramento para os quadros permantente e em extinção, fruto do trabalho realizado conforme clausulado no acordo 2018/2020.

Os representantes da diretoria mencionaram algumas dificuldades legais sobre o concurso público. Uma delas é um decreto estadual que impede aumento de despesas durante a pandemia do novo coronavírus.

Haveria dificuldades em relação a órgãos de controle como PGE e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) e até mesmo aspectos legais ligados a decisões na Assembleia Legislativa, segundo a diretoria. Para ajudar a superar essa dificuldade legal, os representantes dos trabalhadores se colocaram à disposição para fazer movimentos junto a esses órgãos.

A diretora do SindBancários e integramente da Comissão de Negociação do Badesul, Ana Guimaraens, fez uma sugestão relacionada ao tempo previsto para as promoções:

“Propusemos que haja o acompanhamento conjunto, por parte de representantes de funcionários, sindicato e do Badesul, do processo de implementação de plano de carreira debatido na Comissão criada no ACT anterior, já com compromisso de levar proposta pronta para aprovação no Conselho Administrativo até março ou abril. Queremos mais garantias de implementação e início das promoções no menor prazo possível.” justificou Ana Guimaraens.

“O SindBancários tem a tradição de dialogar com o poder público sobre abertura de concursos e demais modificações na estrutura dos bancos públicos. Podemos fazer qualquer movimento para ajudar, como buscar espaços de diálogo na Assembleia Legislativa e nos órgãos de controle do Estado. Tanto os trabalhadores do banco, como seus representantes sindicais, têm todo interesse em construir as soluções necessárias para se viabilizarem as mudanças no plano de carreira e um concurso público o mais breve possível.”, explicou o presidente do SindBancários, Luciano Fetzner.

Outra questão colocada para o debate se relacionou à criação de uma mesa específica sobre teletrabalho no Badesul, seguindo o que foi acordado na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), com a Fenaban, durante a Campanha Nacional Unificada 2020. No CCT, os bancos se comprometeram a fazer esses debates em acordos específicos. O objetivo é que se tenha um espaço para debatermos questões de ergonomia, equipamentos, condições adequadas de trabalho e jornada de trabalho em casa.

Depois de alguma resistência, o banco ficou de apresentar uma proposta global por escrito contendo também algo sobre esse tema, bem como sobre participação futura de representante sindical nos debates referentes às medidas tomadas ao longo da pandemia.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER