Muito Romântico estreia no CineBancários e ganha Sessão Comentada

Dirigido, roteirizado, produzido e atuado por Melissa Dullius e Gustavo Jahn, Muito Romântico entra em cartaz no CineBancários dia 25 de maio, pela Sessão Vitrine Petrobras, às 17h. O longa traz a aventura de um casal que resolveu tentar a vida em Berlim, na Alemanha, depois de morar juntos no Brasil. Com fortes referências ao cinema vanguardista do diretor Godard, o filme usa recursos simples e caseiros para revelar memórias, experiências, desejos e fantasias, através de expressões artísticas, como a música, a pintura, a literatura e a dança, e outros recursos como imagem granulada, cinematografia nostálgica antiga, e, por muitas vezes, a presença do cinema dentro do próprio longa.

Na sexta-feira (26), será realizado uma Sessão Comentada, com a participação dos realizadores Melissa Dullius e Gustavo Jahn. A exibição do fime acontece as 21h e os ingressos podem ser adiquiridos meia hora antes do início da sessão, sendo R$10 a interiera e R$5 a meia entrada.

Nosso cinema funciona de terça a domingo e nos demais dias os ingressos podem ser adquiridos também no local ou no site ingressos.com a R$10,00. Estudantes, idosos, pessoas com deficiência, bancários sindicalizados e jornalistas sindicalizados pagam R$5,00. Aceitamos os cartões Banricompras, Visa e Mastercard.

SOBRE O FILME
Muito bem recebido pela crítica no Festival de Berlim em 2016, onde teve sua estreia mundial, o filme também aguça o interesse do público brasileiro no exterior, que se identifica com tema imigração e na forma como ela é tratada no longa: de maneira mais pessoal, emocional e subjetiva. O filme foi rodado ao longo de nove anos, começando com a viagem de navio até a capital alemã. “Levamos quase ¼ das nossas vidas para completar o filme. Uma jornada do Brasil até Alemanha que nunca vai acabar e que continua a afetar nossas vidas e nosso trabalho. Finalmente, encontramos resposta para a pergunta infinitamente repetida: ‘Por que vieram para Berlim?’. Resposta: ‘Fazer um filme’”, declarou Melissa.

A história é dividida em três atos: a travessia e o momento de contemplação, a chegada a Berlim e a constatação de que a cidade vive em permanente estado de transformação, e o quarto do casal, onde vida e cinema tornam-se uma mesma coisa. “Uma dupla de imigrantes num país estrangeiro, começando de novo, tendo apenas um ao outro. Dividindo descobertas e medos, a alegria as incertezas que fazem parte do processo de crescer juntos – como artistas. Microcosmos expandindo- se no grande cosmos”, explica a diretora.

Depois da travessia de barco, a trama do longa se desenvolve a partir da chegada a Berlim e à nova casa, lugar transformado no centro do próprio universo do casal. “De certa maneira, é o trabalho nos nossos filmes que dirige as nossas vidas, é o que nós colocamos à frente de todo o resto, ainda que recentemente tenhamos chegado ao ponto no qual, pelo menos às vezes, é importante inverter a ordem, colocando a vida antes do cinema. No fim, é como um diálogo: o cinema fala A e a vida responde B e assim em diante até que não se sabe mais de onde veio o impulso. Esse é o tipo de vida e processo de trabalho que nós imaginamos juntos e é também simplesmente o nosso jeito de fazer as coisas”, completa Melissa.

*Nossa sala agora é parceira do Sessao Vitrine Petrobras em Porto Alegre, destinando permanentemente sua sessão diária das 17h a um lançamento nacional que ficará em cartaz por duas semanas. O Sessão Vitrine Petrobras é um projeto de distribuição coletiva da Vitrine Filmes, que tem como objetivo levar ao público um cinema de qualidade, original, que retrata a cultura do país e que se destaca nos principais festivais brasileiros e internacionais. Mais de vinte cidades brasileiras fazem parte do projeto, fortalecendo assim o circuito alternativo nacional, ao mesmo tempo em que investe na formação de novas platéias.

SINOPSE
Melissa e Gustavo atravessam o Oceano Atlântico em busca de uma vida nova em Berlim. Eles seguem seu caminho fazendo filmes, amizades e música, mas um segredo revelado faz o medo vir à tona. Eles perdem o rumo, até o dia em que encontram um portal para o cosmos, expandindo a travessia para além do tempo e do espaço.

SOBRE OS DIRETORES
Melissa Dullius (Porto Alegre, 1981) e Gustavo Jahn (Florianópolis, 1980) formam a dupla Distruktur desde 2006, quando mudaram-se de Porto Alegre para Berlim. Eles começaram a fazer filmes em 1999, primeiro em película Super 8 e depois em 16mm, suporte que usam até os dias de hoje. Após se juntarem ao grupo fundador do coletivo LaborBerlin em 2007 eles começaram a utilizar técnicas manuais na feitura dos seus filmes. Além de conceber e produzir imagens em movimento, eles também aparecem como atores, músicos e técnicos de laboratório, realizando grande parte do trabalho de pós-produção nos seus filmes. Os trabalhos da dupla tomam forma a partir de imagens, sons e textos. Seus filmes, fotografias e filmesperformances transitam nas fronteiras entre arte e cinema, experimental e narrativo, fotografia e imagem em movimento. Nos últimos anos tiveram trabalhos exibidos e premiados em festivais internacionais como Berlinale, Torino, Moscou, Videobrasil, e também em museus e galerias como Berlinische Galerie, CAC Vilnius Contemporary Art Centre, Paço das Artes e New Museum em Nova York.

PRÊMIOS E FESTIVAIS
MENÇÃO ESPECIAL NO MFF T-MOBILE NOWE HORYZONTY 2016
FESTIVAL DE BERLIM 2016
FESTIVAL DE MELBOURNE 2016
ARTLOOP FESTIVAL 2016
MOSTRA DE SÃO PAULO 2016
IX JANELA INTERNACIONAL DE CINEMA DO RECIFE |
FESTIVAL CINEMATOGRÁFICO INTERNACIONAL DEL URUGUAY
15th INTERNATIONAL KANSK VIDEO FESTIVAL
8ª SEMANA DOS REALIZADORES | RIO DE JANEIRO
TRANSCINEMA FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINE
BERLIN ART FILM FESTIVAL
CINE ESQUEMA NOVO 2016 | Arte Audiovisual Brasileira
OCUPE CINE OLINDA

FICHA TÉCNICA

Brasil / Alemanha / 2016 / 72 min

Direção e roteiro: Melissa Dullius e Gustavo Jahn
Produção: Melissa Dullius, Gustavo Jahn e Gustavo Beck
Montadores: Melissa Dullius e Gustavo Jahn
Designer de Produção: Melissa Dullius e Gustavo Jahn
Distribuição: Vitrine Filmes

GRADE DE HORÁRIOS
(Não abrimos nas segundas-feiras)

25 de maio (quinta-feira)
15h – A Família Dionti, de Alan Minas
17h – Sessão Vitrine: Muito Romântico, de Melissa Dullius e Gustavo Jahn,
19h – A Família Dionti, de Alan Minas

26 de maio (sexta-feira)
15h – A Família Dionti, de Alan Minas
17h – Sessão Vitrine: Muito Romântico, de Melissa Dullius e Gustavo Jahn,
19h – A Família Dionti, de Alan Minas
21h – Sessão Comentada: Muito Romântico, com participação de Melissa Dullius e Gustavo Jahn

27 de maio (sábado)
15h – A Família Dionti, de Alan Minas
17h – Sessão Vitrine: Muito Romântico, de Melissa Dullius e Gustavo Jahn,
19h – A Família Dionti, de Alan Minas

28 de maio (domingo)
15h – A Família Dionti, de Alan Minas
17h – Sessão Vitrine: Muito Romântico, de Melissa Dullius e Gustavo Jahn,
19h – A Família Dionti, de Alan Minas

30 de maio (terça-feira)
15h – A Família Dionti, de Alan Minas
17h – Sessão Vitrine: Muito Romântico, de Melissa Dullius e Gustavo Jahn,
19h – A Família Dionti, de Alan Minas

31 de maio (quarta-feira)
15h – A Família Dionti, de Alan Minas
17h – Sessão Vitrine: Muito Romântico, de Melissa Dullius e Gustavo Jahn,
19h – A Família Dionti, de Alan Minas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER