Marcando em cima – Secretário quer mais bangue-bangue nas ruas?

Secretário quer mais bangue-bangue nas ruas?

Constantemente flagrado cochilando em meio a reuniões importantes da sua área, o secretário estadual de Segurança Pública, Wantuir Jacini, rompeu o silêncio que lhe caía tão bem para sugerir que “as pessoas mais desprendidas deem voz de prisão aos criminosos, pois a lei permite”. Mesmo a lei permitindo, esta é uma sugestão de alto risco, que vai contra as próprias recomendações policiais, no mundo inteiro, para que não se reaja a assaltos, etc.

O fato é que a maioria da população não possui porte de arma e muito menos treinamento adequado para lidar com armamento em situação de risco, sempre inesperada. É muito elevada a possibilidade da vítima terminar morta, ferida ou – talvez pior – balear uma mãe que passa do outro lado da rua com a filhinha pela mão, enquanto o ladrão o atinge e foge.

Muito melhor seria que Wantuir aconselhasse o governador a fazer o que deve: parar de fatiar os salários dos servidores (incluindo policias civis e militares) e dar melhores condições de trabalho aos órgãos de segurança do estado. Ou, reconhecer a fragilidade que o governo estadual instalou – basta ver o altíssimo índice de ataques a caixas eletrônicos, postos e agências bancárias neste ano – e ligar logo para a União pedindo uma força, a Força Nacional de Segurança.

Tarifas bancárias subiram nove vezes mais que inflação

Quando se aproxima nossa campanha salarial, é unânime o choro dos banqueiros, aparentemente sofrendo com a situação econômica do país. Nada mais falso: as tarifas cobradas pelos oito maiores bancos do Brasil, nos últimos três anos cresceram até 169%!

Para se ter uma ideia, isto é um percentual 8,6 vezes superior à inflação do mesmo período. A informação é da associação de consumidores Proteste.

Quem mais meteu a mão no bolso dos clientes, conforme a pesquisa, foi o Bradesco. Sua cesta Exclusive Fácil (antiga Conta Fácil Bradesco Super), que em 2013 custava R$ 23 mensais, e agora em outubro passará a custar R$ 61,90. O consumidor terá um custo anual de R$ 742,80, ou seja, R$ 466,80 a mais que em 2013. O Santander também figura como um dos que mais arrocharam seus correntistas. A pesquisa da Proteste verificou tarifas do Banrisul, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Citibank, HSBC, Itaú e Santander.

Como a gente diz, banco não tem crise. Mesmo.

 

Própria biografia prejudica a cruzada de Cunha

Em sua cruzada evangélica e santa para “impixar” a presidenta Dilma, o presidente da Câmara dos Deputados não conta com a ajuda da sua própria biografia. Bem ao contrário. Agora são cinco os investigados na “Lava Jato” da Polícia Federal que endureceram o dedo para apontar Eduardo Cunha como destinatário de dinheiro sujo. O influente deputado também figura na investigação da Comissão de Valores Mobiliários da mesma Câmara, onde teria participado de negociação que prejudicou fundo de pensão dos funcionários públicos.

Por essas e outras, em agosto o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já tinha denunciado o deputado-líder-da-oposição por corrupção e lavagem de dinheiro.

Olhando bem, mas bem mesmo, uma grande parte dos mais estridentes indignados com “a corrupção no Brasil” sequer paga certinho a sua cota numa roda de chope.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER