Manifestantes marcham nas ruas de Porto Alegre e defendem a democracia e direitos no dia de pedido de afastamento de Cunha

Centrais sindicais, movimentos sociais e intelectuais ganharam as ruas do Centro de Porto Alegre nesta quarta-feira, 16/12, para mostrar que não aceitarão nenhum tipo de golpe. Em defesa da democracia, contra o ajuste fiscal e a favor da saída do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), militantes de vários movimentos sociais, trabalhadores de várias categorias e dirigentes sindicais mostraram com uma participação muito grande que não vão aceitar nenhum tipo de perda de direito nem aceitarão ter as conquistas ameaçadas por golpismo.

Eram por volta das 17h, quando os manifestantes começaram a chegar na frente da Prefeitura de Porto Alegre. A marcha começou a engrossar suas fileiras quando milhares de manifestantes cobriram de bandeiras, faixas e cartazes o Largo Glênio Peres. Em outras capitais do país, manifestantes gritaram “Fora Cunha” a plenos pulmões.

As vozes parecem ter sido ouvidas em Brasília, pois o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou na tarde desta quarta-feira, 16/12, ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de afastamento cautelar de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do cargo de deputado federal e de presidente da Câmara.

O ato foi organizado pela Frente Brasil Popular, organização que reúne 66 movimentos sociais e sindicatos, como a CUT, a CTB, a Intersindical, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a União Nacional dos Estudantes (UNE) e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

Após partir da frente da Prefeitura, os manifestantes ganharam o Largo Glênio Peres, em frente ao Mercado Público, seguiram pela avenida Voluntário s da Pátria e dobraram na avenida Vigário José Inácio. Quando a vanguarda da caminhada chegou à avenida Salgado Filho, os últimos manifestantes ainda não haviam entrado pela Vigário. Depois de percorrer a Salgado Filho, a manifestação entrou pela avenida Borges de Medeiros e se encerrou com um grande ato na Esquina Democrática, na Rua dos Andradas.

Fonte: Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER