Livro “Cordas ao vento” marca lançamento poético de ex-bancária, nesta terça

Após 28 anos de Caixa, e antes funcionária do SulBrasileiro, a bancária Karin Fonseca Kestering, aposentada desde o no ano passado, vai estar lançando “Cordas ao vento”, seu primeiro livro solo de poesias, nesta terça-feira, 07/08, das 18h30 às 21h no Espaço 512 (Rua João Alfredo, 512, na Cidade Baixa, em Porto Alegre). Ex-aluna de oficinas literárias, Karin participou anteriormente de quatro coletâneas de oficineiros, na condição de contista, e agora se arrisca no trabalho poético com o livro de 112 páginas.

O título com a palavra vento, explica a autora, reflete o movimento da vida, enquanto as cordas indicam tramas e fios que se cruzam e entrelaçam, “ao mesmo tempo em que indicam caminhos e direções”, diz. Karin garante que seus poemas não são apenas românticos, mas também trazem recordações da infância e um olhar compreensivo sobre o que acontece a sua volta.

Nesta “compreensão amorosa”, completa a poeta, “a gente consegue encontrar soluções, ou pelo menos esperança, que nos mova e cause mudanças”, acredita.

Declamação e debate

Durante o evento de lançamento, o romancista e oficineiro Alcy Cheuiche, que escreveu a introdução de “Cordas ao vento”, vai declamar poemas do livro. Na sequência a psicanalista Ariane Severo discutirá a importância da leitura como processo terapêutico. “Na verdade, a poesia não deixa de ser uma terapia, pois vai retirando várias das nossas cascas”, entende Karin Fonseca Kestering. “Vamos ficando pessoas melhores, a medida em que ficamos mais autênticas”, complementa a autora.

Ficha técnica

Livro “Cordas ao Vento”, lançamento da Ed. Consultora Editorial, tem 90 poemas e 112 páginas. As ilustrações são de Sérgio Santos, com capa de Niura Fernanda Souza. O preço de capa fica em R$ 39,00.

 

Foto: Clóvis Victoria

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER