Itaú SA é o campeão de tudo em 2019

Vitória na final sobre o Metropol na categoria livre fechou ano de conquistas no futsal e no campo. Na master, Banrisul ficou com a taça ao vencer o Santander nos shoot-out

Foi uma vitória soberba do Itaú SA e muito valorizada pela garra do Metropol. Venceu o time que soube aproveitar as oportunidades”, comentou Gerson Reis, diretor do Departamento de Cultura, Esporte e Lazer, que acompanhou os confrontos da final da Copa SindBancários de Fut7 2019 ao lado da mesa da arbitragem. Partida disputada, pegada, alternância no placar, catimba e jogadas de cinema.

Todos os ingredientes da emoção dentro das quatro linhas. Esta atmosfera predominou na conquista do título pelo Itaú SA, que se junta aos troféus e medalhas da Copa de Futebol de Salão, arrebanhados pelo mesmo grupo no primeiro semestre deste ano. “Os caras estão jogando muita bola”, acariciou “Gordo”, no apelido corrente na boca dos jogadores.

Para superar por 5 a 3 a equipe do Metropol, os boleiros do Itaú ligaram o 220, controlaram a intensidade, rodaram a bola como se fosse uma estrela no tapete verde e se botaram como verdadeiras fortalezas nos minutos das adversidades. Souberam sofrer na final para comemorar o título e dar a terceira volta olímpica do ano.

Veja a galeria de fotos das finais da Copa SindBancários de Futebol sete 2019.

Os colegas do Itaú SA se tornaram campeões de tudo sábado, 30/11, no Centro Esportivo Rodrigo Mendes. Fecharam o ano de conquistas com a tríplice coroa. Além da conquista da Copa SindBancários de Futebol Sete 2019, ficaram com os títulso do futsal e do campo no ano.

Santander no terceiro lugar

O time do Santander ficou com a terceira posição ao vencer o Bradesco Gravataí por 5 a 3, o quarto colocado na competição livre. Destaque para o goleador Bruno Schwarz que, dentro das quatro linhas, não cedeu um passo na disputada de bola e anotou dois do 5 gols da sua equipe. “Foi uma partida de arrepiar a panturrilha e depois embalar a criança pra esfriar a cuca. Que belo jogo”, exaltou Gordo, o organizador das competições.

Time de banco público fica com a Taça da Master

O time de veteranos do Banrisul sagrou-se Campeão da Copa SindBancários de Futebol Sete 2019, na categoria Master, ao empatar em 5 a 5 com a equipe do Santander no tempo normal e vencer o jogo no shoot-out. O gol decisivo foi do boleiro Carruíra, dispensando a terceira cobrança, mas não a corrida pro abraço da galera.

Na entrega do troféu de Campeão, o presidente do SindBancários, Everton Gimenis, ainda envolvido com os apupos e o empurra-empurra das empolgadas torcidas, tocou de primeira, “há tempos não via um jogo assim tão disputado e bem jogado. Do início ao fim, o título ficou em aberto. Só nos resta dar os parabéns a todos que jogaram, pela lisura, entrega e coleguismo”. Ainda pela master, Itaú e Bradesco, ficaram em terceiro e quarto lugares, respectivamente.

Atacantes

Na categoria livre, Eduardo Nunes, do União FC, levou a “chuteira de ouro” ao emplacar 9 gols na competição, laureando-se do feito com muita classe. Pela master, o banrisulense Gilberto Bahiana, estufou as redes por 11 vezes, fazendo por merecer o troféu de goleador do campeonato.

Na entrega do troféu, o diretor da Fetrafi-RS, Fábio Alves, diretor da Fetrafi-RS, um banrisulense que sabe jogar e muitos gols anotou ao longo de sua vitoriosa carreira futebolística na categoria bancária, derramou-se em recordações ao redator: “Vejo as jogadas, admiro os passes, as finalizações, o toque sutil na bola que desmonta a defesa, escorre na rede e encanta a plateia. Sim, sinto muitas saudades”.

Arqueiros

Alexandre Nanes, do Itaú, e Rodrigo Miguel da Silva, receberam os troféus de goleiros menos vazados, na categoria livre e master, respectivamente. “As partidas foram de arrepiar a panturrilha. Depois disso, só embalando a criança pra esfriar a cuca. Que belo jogo, que lindas defesas”, exaltou Gordo, o organizador das competições e banrisulense, ao final da categoria livre.

Arbitragem

Atuaram na final da categoria livre Anderson Bhem e Emerson Siqueira. Na master, Anderson e Rafael Teixeira. Na mesa das anotações, o Fábio Teixeira. “Nossa atuação sempre foi pautada pela regra do jogo, disciplina, preparo físico e no cumprimento do regulamento da competição”, atestou o comandante do time do apito, Fábio Teixeira, o respeitado apitador no mundo dos boleiros.

Amaro Silva de Souza, dirigente da Anapar/RS e aposentado do Banrisul, afirmou que “os resultados foram frutos de partidas disputadíssimas e pela enorme qualidade técnica dos boleiros bancários. Eles correram como nunca. Venceram os melhores. Entre eles, o time do apito, que trabalhou muito bem e garantiu a lisura do espetáculo”.

Finais, Sábado, 20/11

Final livre

Itaú SA 5×3 Metropol

Decisão 3º e 4º lugares

Santander 5×3 Bradesco Gravataí

Campeão: Itaú SA

Vice-campeão: Metropol

3º lugar: Santander

4º lugar: Bradesco Gravataí

Finais Master

Final

Banrisul 5(2)x5(0) Santander

Decisão de 3º e 4º

Bradesco x Itaú (vitória do Itaú por não comparecimento do Bradesco)

Campeão: Banrisul

Vice-campeão: Santander

3º colocado: Itaú

4º colocado: Bradesco

Cobertura: Moah Sousa

Fotos: Jackson Zanini

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER