Itaú prorroga home office até janeiro de 2021

Em meio a Campanha Nacional dos Bancários, colegas do Itaú têm duas vitórias: prorrogação do trabalho remoto e reabertura de agências

Após anunciar que iria prorrogar o trabalho em home office até dia 02/09, o Itaú estendeu o prazo do trabalho remoto até o final de janeiro de 2021. Importante destacar que, em meio a Campanha Nacional dos Bancários, a  categoria, os sindicatos e entidades de trabalhadores do setor tem duas vitórias a comemorar: esta prorrogação do home office para o próximo ano, e a  reabertura de agências, para reduzir o fluxo de clientes nas outras em funcionamento.

Em vídeo que circulou na última quarta-feira, 12, entre os funcionários do Itaú, o presidente do banco, Cândido Bracher, afirma que a volta do trabalho aos polos administrativos só acontecerá após o final de janeiro de 2021. Bracher revelou ainda que o banco tem estudado opções para definir como se dará esta volta, com prioridade para o trabalho remoto.

Contraf-CUT
“Desde o inicio da pandemia nós defendemos que os bancários que cumprirem suas funções remotamente, devem permanecer assim até que esta situação se resolva, para preservar suas vidas e das pessoas com quem convivem. Esperamos que os demais bancos sigam o exemplo e também atendam nossa reivindicação”, afirmou Juvandia Moreira, presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e uma das coordenadoras do Comando Nacional.

Reabertura de 108 agências
O Itaú anunciou ainda a reabertura de 108 agências para diminuir o fluxo de pessoas nesses locais. “Os bancários estão na linha de frente de atendimento e, por isso, colocam sua saúde em risco. Com esta ampliação de locais de atendimento, os clientes terão mais opções de atendimento, o que deve diminuir as aglomerações e a possibilidade de contágio”, afirmou Eduardo Munhoz, o “Dudu”, diretor do SindBancários e empregado do banco.

Realocação

O banco informou também que vai fechar 23 agências. “Outra conquista fundamental foi a garantia de que todos os funcionários das agências fechadas serão realocadas. Ninguém será demitido”, afirmou Jair Alves, coordenador da Comissão de Organização dos Empregados do Itaú (COE Itaú).

Fonte: Contraf-CUT e Edição de Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER