Itaú humilha na hora de demitir

A COE já buscou a direção do banco para esclarecer denúncias de casos em que o gestor leva o trabalhador para a rua ao anunciar desligamento

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) recebeu denúncias de funcionários que têm sofrido humilhações no momento da demissão. Os gestores estão convidando os trabalhadores a “darem uma volta na rua”, para então informarem o real motivo da conversa.

Como se não bastasse o fato de serem demitidos, os trabalhadores ainda estão sendo tratados de maneira desrespeitosa, fora do local de trabalho. Os casos foram confirmados por outros trabalhadores das agências e também por vídeos obtidos com vizinhos das unidades bancárias”, afirmou o coordenador da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, Jair Alves.

A COE Itaú já buscou a direção do banco para esclarecer os casos. “Pedimos providências ao RH para evitar que situações semelhantes se repitam, bem como a reintegração dos empregados demitidos, mas ainda não obtivemos resposta”, explicou Jair.

A Contraf-CUT orienta aos trabalhadores que passarem por situações semelhantes a procurarem os sindicatos das suas bases.

Fonte: Contraf-CUT

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER