Funcionários do BB fazem manifestações contra plano de desmonte

Nesta sexta-feira, 15, atos contra a política de desestruturação do BB foram realizados em vários pontos do país

No primeiro dia de manifestações contra o plano de desmonte do Banco do Brasil, nesta sexta-feira,  15/01, agências e outros locais de trabalho no banco realizaram atos contra a reestruturação anunciada nesta semana. Em vários pontos do pais aconteceram protestos contra o plano, que prevê o fechamento de agências e outras unidades, a redução do número de caixas, um Plano de Demissões Voluntários (PDV) – que tem por meta dispensar 5 mil trabalhadores do banco – além de outras medidas que prejudicam os funcionários.

CEBB

As manifestações estão sendo organizadas pela Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), pelas federações e pelos sindicatos. “É o primeiro dia de manifestações e teremos várias outras manifestações. Vamos lutar. Vamos nos unir. Precisamos reagir contra a precarização do atendimento no Banco do Brasil e principalmente contra a retirada de direitos dos funcionários”, declarou o coordenador nacional da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukunaga.

Foram realizadas reunião dos funcionários nas agências e outras unidades. Bancários e bancárias se vestiram com roupas pretas para manifestar indignação contra o plano de desmonte. No mesmo sentido, foi o tuitaço realizado nesta sexta-feira, às 11h, com a hashtag #MeuBBvalemais.

Fonte: Contraf-CUT e CEBB, com Edição de Imprensa SindBancários. Foto: Contraf-CUT

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER