Festival de Música dos Bancários 2016 premia seus destaques e mostra que Sindicato pode ajudar na resistência ao desmonte da cultura

Depois de um ano em que os bancários e as bancárias se dedicaram a compor músicas, paródias, interpretar canções que marcaram suas vidas, o 2º LOL Festival de Música dos Bancários 2016 chegou ao fim. Na noite do sábado, 17/12, depois de ter sido adiado por causa das chuvas do sábado anterior, o Luau de Premiação levou para a sede da Adesbam, no Bairro Tristeza, o talento dos bancários e bancárias na música. Foram premiados colegas em cinco categorias com prêmios que variaram entre R$ 1.000 e R$ 3.000. Os participantes criaram videoclipes e publicaram no youtube, onde os bancários sindicalizados escolheram por voto os de sua preferência.

O presidente do SindBancários, Everton Gimenis, explicou que atividades culturais que envolvem os bancários, realizadas pelo Sindicato, têm o sentido de instigarem a produção cultural e reunirem os bancários para compreenderem a função do Sindicato. “Os bancários enfrentam uma rotina de trabalho muito difícil. É muito assédio moral e metas abusivas. Atividades culturais, de lazer, ajudam a desopilar. E o mais legal é que, tanto nas nossas atividades esportivas quanto nas nossas atividades artísticas, os bancários e as bancárias mostram seu talento”, diz Gimenis.

Jurada do Festival de Música e apresentadora do Luau de Premiação, a radialista e ativista cultural Katia Suman, elogiou a organização e a participação dos bancários. “É uma iniciativa muito importante. As apresentações foram de muito boa qualidade”, disse Katia.

O diretor do Sindicato e organizador do Festival de Música, Fábio Dellanhese, contou que a ideia do Festival de Música era fazer um resgate histórico dos tempos em que festivais de música eram realizados por grandes empresas de televisão de massa. Esses Festivais, sobretudo o da TV Record, nos anos 1960, foram impedidos de serem realizados pelo Regime Militar. “Nosso projeto era também usar a história da Música Popular Brasileira (MPB) para mostrar aos bancários, sobretudo os mais jovens, que a cultura é uma importante ferramenta de união para os trabalhadores. Nestes tempos de ataques a direitos e em que o governo do Estado acaba de praticamente extinguir a Secretaria da Cultura, entendemos que o Festival de Música dos Bancários é um evento de resistência”, acrescentou Fábio, fazendo referência ao pacotaço do governador José Ivo Sartori que foi parcialmente aprovado na Assembleia Legislativa nesta semana.

Assista ao vídeo do Canal Paralelo sobre a premiação do dia 17/12. 

 

Confira os vídeos dos premiados do 2º Lol Festival de Música dos Bancários

 Melhor música Inédita

1º: Rotina – Daniel Chaim

 

2º: Saudação a Bateria Guerreira – Eduardo Viamonte

3º: Amor Assim – Rafael Caetano

Melhor Letra Inédita

1º: Rotina – Daniel Chaim

 

2º: Nóis e Dick Jones – Rodrigo de Oliveira Borba

3º: Amor Assim – Rafael Caetano

Vídeo Mais Criativo
1º: Mediterranean Sundance – Alexandre Costa


2º: Sexta Feira – Thiago Ferreira Varella

3º: Vida Comum Diego dos Santos Oliveira

 

Melhor Cover ou Paródia

1º: Mediterraneam  Sundance – Alexandre Costa

2º: Don’t let me down – Lauro Brandão

3º: Sexta Feira – Thiago Ferreira Varella

 

Vídeo mais Curtido no youtube

 Freedom – Lauro Brandão

Crédito fotos: Carol Ferraz

Fonte: Imprensa SindBancários


 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER