Estudantes e sindicalistas realizam ato nesta sexta, 12, contra reforma da Previdência e na defesa da educação

Concentração começa às 17h em frente a Faced, no campus central da UFRGS

A CUT-RS e demais centrais sindicais promovem uma manifestação nesta sexta-feira, 12/07, com concentração às 17h, em frente à Faculdade de Educação (Faced) da UFRGS, em Porto Alegre. O objetivo é protestar contra a reforma da Previdência do governo Bolsonaro, em defesa da educação e por empregos. “Vamos mostrar que, apesar da aprovação do texto-base da reforma em primeiro turno na Câmara dos Deputados, continuamos na luta contra o desmonte da aposentadoria, assim como seguimos juntos aos estudantes na luta contra os cortes de verbas nas escolas, universidades e institutos federais”, afirma o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo.

Traição aos trabalhadores

Ele salienta que o ato será também uma oportunidade para denunciar os 22 parlamentares gaúchos que votaram a favor da reforma da Previdência. “Vamos marcar na paleta os deputados e a deputada que traíram a classe trabalhadora. Nenhum trabalhador e nenhuma trabalhadora votou pelo fim da sua aposentadoria. Vamos também denunciá-los junto às suas bases eleitorais nos municípios”, disse o sindicalista.

Além de estudantes, a marcha – que vai acontecer em várias cidades do país – deverá reunir municipários, bancários, professores, funcionários públicos e privados, todos atingidos pelas perdas das políticas federais de Bolsonaro e das medidas aprovadas pela Câmara Federal, que dificultam e até impedem a aposentadoria de milhões de brasileiros e brasileira.

Fontes: CUT-RS, Simpa e edição da Imprensa SindBancários.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER