Enfrentamento ao adoecimento de bancários será tema da reunião com Fenaban nesta terça, 09

Encontro acontece em SP, a partir das 14h

A preservação da saúde e da vida, frente à precarização do trabalho e o rastro de doenças e mortes que os novos modelos de produção trazem consigo, serão alguns dos temas a serem discutidos na reunião que acontece a partir das 14h desta terça-feira, 09/04, em São Paulo, entre o Comando Nacional, coordenado pela Contraf-CUT, e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). O Comando Nacional dos Bancários, representantes dos COEs e o Coletivo Nacional de Saúde traçaram estratégias para divulgar a atuação e negociações das COES em relação ao tema; integrar ações de conscientização e mobilização da categoria; elaborar estratégia conjunta para enfrentar a situação; definir prioridades e atualizar pauta para condução das negociações na mesa permanente.

Na primeira quinzena de março deste ano os representantes dos trabalhadores realizaram o Seminário “Integrando estratégias de enfrentamento ao adoecimento nos bancos”, uma atividade com ampla participação, que permitiu acumular informações e traçar estratégias de enfrentamento ao problema. Os participantes reafirmaram que o tema saúde e condições no trabalho deve ser prioritário para o movimento bancário.

Três eixos

Os três eixos definidos como estratégicos no debate com a Fenaban são: pressão por resultados, metas e assédio moral; prevenção; e atenção ao adoecido. “O seminário serviu para nos deixar bastante preparados para o debate e para avançar em conquistas que garantam uma efetiva prevenção e atenção aos adoecidos no exercício da profissão”, esclareceu Mauro Salles, secretário de Saúde do Trabalhador da Contraf-CUT.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER