Empregados(as) definem mobilização contra o desmonte do BB

Plenária estadual mantém estratégia de paralisações para pressionar por mesa de negociação e manter a luta contra a reestruturação, descomissionamentos, demissões e ameaça ao caráter público do banco

Na quinta-feira, 11/2, os bancários e bancárias do Banco do Brasil realizaram sua terceira plenária estadual virtual de mobilização contra o desmonte do BB, por meio do Zoom.

Mais uma vez ficou evidente que a greve é, no momento, o melhor instrumento de luta dos trabalhadores, pois as duas paralisações – do dia 29 de janeiro e 10 de fevereiro – resultaram na abertura de uma mesa de negociação com o Banco.

A primeira proposta do BB, apresentada na quarta-feira, 10, não foi aceita pelos dirigentes sindicais, pois apenas adia o início dos descomissionamentos dos caixas para abril e exige a retirada de ações judiciais dos trabalhadores contra o Banco.

Durante a plenária da quinta-feira, a assessoria jurídica da Fetrafi-RS esclareceu informações sobre as ações que estão na Justiça do Trabalho.

Entre outras judicializações, a Federação e os sindicatos filiados estão buscando assegurar o direito à gratificação de função para os colegas que tinham mais de 10 anos de empresa até 2017 e estender o direito proporcionalmente a outros caixas com menos tempo de serviço naquele ano.

O SindBancários já ingressou com ação na Justiça do trabalho para buscar manter a gratificação dos caixas.

Além disso, foram discutidos outros instrumentos de luta contra os descomissionamentos, as demissões, o fechamento de agências e a privatização do BB, que estão em curso com o plano de reestruturação apresentado pela Instituição.

Uma das formas de organização será um grupo no Telegram exclusivo para os caixas do Rio Grande do Sul. Para entrar, é preciso ter o aplicativo no celular ou computador e solicitar o ingresso pelo link https://t.me/joinchat/IDfAk4gxAfn31fGc .

Também serão realizados abaixo-assinado virtual contra o desmonte do Banco e um ofício a ser enviado para as Câmaras de Vereadores dos municípios alertando quanto aos prejuízos dos fechamentos de agências no Interior. Nas próximas semanas, deve ser definido um calendário de luta com mais ações.

Fonte: Fetrafi-RS, com edição e informação de Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER