Empregados do Badesul fazem paralisação pelo enquadramento

Nesta sexta-feira (16), por uma hora, os empregados e empregadas do Badesul fizeram uma paralisação cobrando a aprovação da proposta de reenquadramento do quadro e a retomada das promoções regulamentares previstas em lei. A atividade se trata de um ato simbólico de protesto para buscar uma resposta favorável às reivindicações de realizar promoções represadas.

Segundo o presidente do SindBancários, Luciano Fetzner, a grande demanda que está no centro da pauta dos empregados da agência de fomento é o reenquadramento, “ponto-chave que possibilitará a inclusão dos aprovados no último concurso junto ao quadro de funcionários do Badesul”.

Ainda hoje, a proposta de reenquadramento aprovada pelos trabalhadores em assembleia foi apresentada para o Conselho de Administração. Pelo acordo aprovado, as partes envolvidas na negociação ficam comprometidas a chegarem a um entendimento em 45 dias, prazo que pode, no máximo, ser prorrogado por mais 45. Muitos empregados da agência de fomento têm reivindicado que se considere a possibilidade de ajuizamento da questão. No entanto, “recorrer à intermediação da justiça é sempre a última alternativa da categoria, que tem a tradição de apostar todas as fichas nas mesas de negociação”, aponta Fetzner.

De acordo com a diretora do SindBancários, Ana Guimaraens, “essa mobilização é importante para demonstrar para a direção e o conselho a importância do tema para os empregados, assim como a disposição de luta”.

Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER