Empregados da Caixa realizaram Dia de Luta contra privatização da Lotex

Dina Nacional de Luta, na quinta-feira, também defendeu empregos e melhores condições de trabalho

Os empregados da Caixa de todo o Brasil realizaram, nesta quinta-feira, 09/05, um Dia Nacional de Luta em Defesa da Caixa, contra a privatização da Lotex. A mobilização foi também pela manutenção dos empregos e por melhores condições de trabalho. O leilão da Lotex, antes marcado para o dia 26 de abril, havia sido adiado para o dia 9 de maio, mas a Comissão de Outorga do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já anunciou uma nova data, 28 de maio. Essa é a sexta vez que o leilão é adiado.

Mesmo com o adiamento, as atividades foram mantidas. Os dirigentes sindicais distribuíram material informativo nas portas de agências para informar aos empregados e a toda a sociedade sobre a função social das loterias, bem como a importância em manter o banco 100% público.

Hoje aconteceu mais um dia de luta em defesa da Caixa 100% pública e para todos. Reforçamos a conscientização e mobilização dos empregados e da sociedade na defesa da nossa empresa e de todos os serviços prestados por ela. Isso é fundamental neste momento de ataque direcionado às loterias. Defender a Caixa é defender também uma sociedade mais justa”, afirmou Fabiana Proscholdt, secretária de Cultura e representante da Contraf-CUT na mesa de negociações com a Caixa.

Menos recursos a área social

O repasse total das loterias para área social pode cair de 50%, como foi em 2017, para apenas 15%, caso a Lotex seja vendida. “Os empregados da Caixa lutaram durante toda a década 1990 contra a privatização e agora estão na resistência por melhores condições de trabalho no seu dia a dia e já tem resistido há algum tempo contra a privatização velada feita pelo atual governo e a abertura de capital”, lembrou o coordenador da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE), Dionísio Reis.

Já o empregado da Caixa e diretor do SindBancários Guaracy Padilla Gonçalves destacou: “Esta luta não é somente dos empregados do banco, mas de toda a sociedade brasileira, que tanto precisa de uma Caixa que exerça seu papel social, de captação e de financiamento do desenvolvimento do país”.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER