Em ação solidária, Sindicato doa alimentos para moradores da Restinga

Cestas básicas estão sendo distribuídas para 80 famílias

Graças a uma ação social realizada por diretores do SindBancários, 110 famílias da Restinga suportarão os próximos dias com mais tranquilidade. Desde o final de março, em conjunto com a Associação Núcleo Esperança Restinga, estão sendo entregues cestas-básicas para moradores do bairro – uma ação solidária que segue esta semana.

Em geral, são famílias de quatro a oito pessoas, em sua maioria autônomos. Desempregados, diaristas, famílias que vivem e dependem de aposentadoria dos avós. Muitos faziam bicos no Centro como cozinheiros, garçons e diaristas e foram fortemente impactados pela crise do coronavírus.

“Estamos passando por um momento único e quem mais vai sofrer, quem mais vai ser impactado são comunidades carentes. Todos nós podemos fazer nossa parte e temos certeza que só vamos superar este momento com muita solidariedade”, observa o presidente do SindBancários, Everton Gimenis.

Outra ação que deve ser destacada é a rede de solidariedade criada por diversos times que participam dos campeonatos bancários de futebol. No sábado, 4/4, as equipes doaram, em conjunto com o SindBancários, cinco toneladas de alimentos para o Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul.

“Nós estamos montando as cestas a partir de uma necessidade inicial e devido a situação de segurança alimentar, levando em consideração períodos de dez dias, visto que não sabemos quanto tempo vai durar essa crise. Cada cesta tem achocolatado, arroz, açucar, biscoito, café, feijão, leite, massa, molho de tomate, papel higiênico, polenta, sabonete e sardinha. Se tem crianças na família, também recebem leite”, explica o diretor do SindBancários, Sandro Rodrigues, que está ajudando a organizar a ação.

O diretor do SindBancários Ernesto dos Santos, que tem auxiliado nas doações, lembra que nesta semana estão previstas mais doações. “Aqueles que podem, ajudem. Uma cesta básica faz muita diferença na vida dessas famílias”, analisa Ernesto.

Quem quiser ajudar, pode comprar os alimentos diretamente em um Superkan (clique aqui e veja endereço e telefones) e avisar que é no intuito de doar para a Associação Esperança.

Fonte: Imprensa/SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER