Documentário premiado “O Botão de Pérola” segue em cartaz até 2 de novembro no CineBancários

“O Botão de Pérola”, do chileno Patrício Guzmán, segue em cartaz até dia 2 de novembro no Cine Bancários. O documentário foi vencedor do prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Berlim 2015. Os ingressos podem ser adquiridos no local a R$10,00. Estudantes, idosos, pessoas com deficiência, bancários sindicalizados e jornalistas sindicalizados pagam R$5,00. Aceitamos os cartões Vale Cultura do Banrisul, Banricompras, Visa e Mastercard.

Com “O Botão de Pérola”, Patrício Guzmán dá continuidade ao processo iniciado com o longa-metragem “A Batalha do Chile”, de 1973.

"O Botão de Pérola" ganhou o prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Cinema de Berlim, em 2015
“O Botão de Pérola” ganhou o prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Cinema de Berlim, em 2015

 

SINOPSE
O oceano contém a história de toda a humanidade. No mar, estão as vozes da Terra e de todo o espaço. A água, fronteira mais longa do Chile, também esconde o segredo de dois misteriosos botões encontrados no fundo do mar. Com mais de 4 mil km de costa, o maior arquipélago do mundo, o Chile, apresenta uma paisagem sobrenatural, com vulcões, montanhas e glaciares. Nessa paisagem estão as vozes da população indígena da Patagônia, dos primeiros navegadores ingleses que chegaram ao país e também a voz dos presos políticos chilenos. Alguns dizem que a água tem memória. Este filme mostra que ela também tem voz. Vencedor do Urso de Prata de melhor roteiro no Festival de Berlim.

PATRICIO GUZMÁN
Nasceu no Chile em 1941 e estudou cinema em Madri, especializando-se em cinema documental. Em 1973, filmou A Batalha do Chile, documentário de cinco horas sobre o governo Allende e sua queda. No mesmo ano, foi preso e teve que deixar o país, primeiro se mudando para Cuba, depois para a Espanha e para a França. Entre outros, dirigiu os longas La Rosa de los Vientos (1983), En Nombre de Diós (1987), Chile, la Memória Obstinada (1997), O Caso Pinochet (2001) e Nostalgia da Luz (2010). Em 2014, Boris Nicot realizou o documentário “Filmar Obstinadamente, um Encontro com Patricio Guzmán”, sobre a obra do cineasta.

FICHA TÉCNICA

O BOTÃO DE PÉROLA
2015 | Documentário | 82 minutos | Chile, França e Espanha
Direção e Roteiro : PATRICIO GUZMÁN
Fotografia: Katell Djian, Patricio Guzmán, David Bravo, Yves De Peretti,
Patricio Lanfranco, Raúl Beas
Montagem: Emmanuelle Joly
Música: Miranda & Tobar, Hughes Maréchal
Produtor: Renate Sachse
Produção: Atacama Production
Distribuição: Filmes da Mostra

O SILÊNCIO DO CÉU
Após ser vítima de um estupro dentro de sua própria casa, Diana (Carolina Dieckmann) escolhe manter o trauma em segredo. Mario (Leonardo Sbaraglia), seu marido, também tem algo a esconder. O silêncio que toma conta do casal ao longo dos dias se transforma, aos poucos, em uma peculiar forma de violência.
Filmado no Uruguai e falado em espanhol, O Silêncio do Céu traz o ator argentino Leonardo Sbaraglia (Relatos Selvagens) e a estrela brasileira Carolina Dieckmann (Entre Nós) como protagonistas. A narrativa está centrada num casal de classe média obrigado a lidar com um ato de violência e com uma perturbadora incomunicabilidade.
O roteiro é assinado por Lucía Puenzo (XXY, O Médico Alemão), por Sergio Bizzio, autor do romance Era el Cielo, obra em que se baseia a história, e por Caetano Gotardo. O elenco conta ainda com o ator Chino Darín (En Fuera de Juego) e com as atrizes Mirella Pascual (Whisky) e Paula Cohen (I Love Paraisópolis). Rodrigo Teixeira explica: “O projeto nasceu com o intuito de reunir talentos da América Latina. Partimos de uma obra argentina adaptada por grandes roteiristas também argentinos, dirigida por um brasileiro cuja obra é internacionalmente reconhecida, que é o Marco Dutra, e com um elenco diverso formado por atores argentinos, Sbaraglia e Darín, a uruguaia Mirella Pascual e as atrizes brasileiras Carolina Dieckmann e Paula Cohen. E filmar no Uruguai, com equipe local, consolidou a nossa proposta de aproximar as fronteiras latino-americanas.”
O filme parte de uma trágica invasão do espaço doméstico para falar de um casal que não consegue escapar da armadilha do silêncio. Marco Dutra fala sobre o filme: “Gosto muito da ideia de trabalhar em terra estrangeira um tema que já havia abordado em São Paulo, que é minha cidade natal e onde realizei os meus filmes anteriores. Uma casa (e um corpo) de classe média, um ambiente de suposta segurança, vítima de uma ruptura logo na primeira cena. No caso de ‘O Silêncio do Céu’, a violação é concreta, física, uma violação do próprio corpo. Como lidar com o que vem depois? É possível encarar com lucidez uma violência deste nível? E, acima de tudo, como não deixar o próprio silêncio amplificar e perpetuar esta violência?”.
O Silêncio do Céu é uma coprodução com o Canal Brasil e uma parceria com a empresa uruguaia Oriental Features. É distribuído pela Vitrine Filmes.

GRADE DE PROGRAMAÇÃO
25 de outubro (terça-feira)
15h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle
17h – O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán
19h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle

26 de outubro (quarta-feira)
15h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle
17h – O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán
19h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle

27 de outubro (quinta-feira)
15h – O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán
17h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle
19h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle

28 de outubro (sexta-feira)
15h – O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán
17h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle
19h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle

29 de outubro (sábado)
15h – O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán
17h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle
19h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle

30 de outubro (domingo)
15h – O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán
17h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle
19h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle

01 de novembro (terça-feira)
15h – O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán
17h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle
19h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle

02 de novembro (quarta-feira)
15h – O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán
17h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle
19h – A Loucura entre Nós, Fernada Fontes Veirelle

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER