Doação de órgãos traz esperança para quem espera por transplante

No dia 27 de setembro é comemorado o Dia Nacional da Doação de Órgãos

No dia 27 de setembro é comemorado o Dia Nacional da Doação de Órgãos, data que foi instituída com o intuito de conscientizar sobre a importância da doação para levar esperança a milhares de pessoas que aguardam na fila de espera por transplante. Além disso, é essencial pautar o debate para que a conversa sobre o tema ocorra entre familiares. No Brasil, a legislação determina que a família é responsável pela decisão de doar ou não os órgãos de seu ente falecido. Assim, mesmo que a pessoa tenha dito que queria ser doador, sua vontade só será respeitada se a família autorizar. Em caso contrário, os órgãos não serão retirados e a oportunidade da realização dos transplantes será perdida. 

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) mostrou que a recusa familiar é o principal impedimento para doação de órgãos no país. Em 2022, mais de 45% das famílias não concordaram com a doação, enquanto mais de 60 mil pessoas aguardavam na fila de espera por um órgão. O Brasil tem o maior programa público de transplante de órgãos, tecidos e células do mundo e o Sistema Único de Saúde (SUS) é responsável pelo financiamento de cerca de 90% dos transplantes no país, segundo o Ministério da Saúde.

São potenciais doadores de órgãos pacientes assistidos em UTI hospitalar com morte encefálica, ou seja, morte das células do Sistema Nervoso Central, que determina a interrupção da irrigação sanguínea ao cérebro, incompatível com a vida, irreversível e definitivo. Após o diagnóstico, a família é consultada e orientada sobre o processo de doação. É possível obter órgãos como rins, coração, pulmões, pâncreas, fígado, intestino e tecidos como córneas, válvulas, ossos, músculos, tendões, pele, veias e artérias. As doações beneficiam vários pacientes, que aguardam por transplante em uma lista de espera única, organizada por estado ou região, que é monitorada pelo Sistema Nacional de Transplantes (SNT).

Imprensa SindBancários

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FACEBOOK

SERVIÇOS

CHARGES

VÍDEOS

O BANCÁRIO

TWITTER

Luciano Fetzner Barcellos
(Banrisul)
PRESIDENTE

Tags

Filiado à Fetrafi/RS, Contraf/CUT e CUT
Rua General Câmara, 424-Centro / CEP:90010-230 /
Fone: 51-34331200

Porto Alegre / Rio Grande do Sul / Brasil

Categorias

Categorias

Categorias